Blog do Grupo Jupem

jupem.jpg

Rumo aos 55 anos

Por Grupo Jupem

Quando fundou o Jupem, padre Walenty Nowacki projetou alguns anos para que o grupo pudesse se manter vivo, imaginava que se chegasse a 10 anos, seria incrível. Agora, que o Jupem comemorou seus 50 anos de história, é hora de programar seus próximos anos, da mesma forma em que aguardamos ansiosos os 50, vamos viver cada ano realizando as atividades da melhor forma possível até os 55, 60 e assim por diante. Como verdadeiros jupenianos!
Aniversário do Grupo
Domingo, dia 06, ocorreram as festividades em comemoração aos 50 anos do Jupem. Estava programado um desfile e apresentações. Porém, em virtude do tempo não houve o desfile, mas as apresentações foram realizadas na Praça Jaime Lago, às 16h30min.
O Grupo Folclórico Polonês Auresovia, Grupo Avanti, Grupo Folclórico Polonês Góry, Grupo de Danças Vovós sim, velhas jamais - Faculdade de Experiências Barão do Rio Branco e, por fim, o grupo Jupem, que também representou a cultura israelita com uma dança. Todos fizeram um lindo espetáculo na Praça que deixou o público muito contente e feliz por festejar com o Jupem. 
Ao final do evento o coreógrafo Janusz Chojecki foi homenageado pelo Jupem e recebeu alguns mimos como lembrança. Após, todos cantaram Sto Lat para o grupo e jupenianos. Janusz ressaltou a importância de que é tradição na Polônia não bater palmas durante a canção, somente depois, e parabenizou os jupenianos que assim o fizeram. 
Despedida do Coreógrafo
Na segunda-feira (7), Janusz realizou seu último ensaio com o Elenco Mirim e, após confraternizou com os jupenianos e familiares um jantar preparado para agradecer todos os ensinamentos dado por ele. Estes ensinamentos que não foram somente em passos de danças ou coreografias novas, mas sim como sua educação, dedicação, suas histórias contadas em relação ao Jupem ou à sua vida (vários exemplos bonitos, engraçados e emocionantes). Gostamos de enaltecer a importância desta figura para o Jupem porque ele tem vínculo com o grupo e, como ele mesmo disse: "Tenho meus filhos e netos me esperando na Polônia, mas estes (apontando para os dançarinos) também são meus filhos, obrigado!".
Mas a despedida é um até logo, pois em julho ele está de volta ao Brasil e a Erechim. Janusz virá com seu grupo de Varsóvia (Zespól Pie?ni i Ta?ca Politechniki Warszawskiej - Politécnica de Varsóvia) para uma caravana pelo Brasil, irá se apresentar em Erechim e em cidades de outros estados, como Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro. 

 

Leia também

Blog dos Colunistas

Publicidade

Horóscopo

Touro
21/04 até 20/05
A Lua nova ocorre no setor doméstico e familiar dos...

Ver todos os signos

Publicidade