Blog do A Voz da Diocese

Ser pastor do rebanho do Senhor

Ser pastor do rebanho do Senhor

Por A Voz da Diocese

Estimados Diocesanos! Neste domingo, no qual lembramos e celebramos a presença do Cristo ressuscitado, o Bom Pastor, a Igreja convida seus filhos a participarem do 53° Dia Mundial de Oração pelas vocações sacerdotais e religiosas.

Poderíamos nos perguntar: Por que rezar pelas vocações? Permitam-me lembrar das palavras de Jesus: “Pedi, pois, ao Senhor da colheita que envie operários para a sua colheita” (Mt 9,38). Numa realidade onde tantos jovens estão buscando um discernimento para a própria vida, não podemos deixar de rezar, convidar e acreditar que o Senhor da messe chame também operários para trabalharem na sua vinha, através da vocação ao sacerdócio e à vida religiosa.

Como cristãos, participantes do sacerdócio comum dos batizados, somos também corresponsáveis pela formação do sacerdócio ministerial na vida da Igreja povo de Deus. Mas para isso precisamos também nos converter e acreditar na força da oração. A oração é a primeira e a última condição da conversão, do progresso espiritual e da santidade. Por isso, é preciso “orar sempre, sem nunca desistir” (Lc 18,1).

O Papa São João Paulo II, na carta dirigida aos sacerdotes da Igreja por ocasião da Quinta-Feira Santa de 1979, dizia: “Nestes últimos anos talvez se tenha discutido demasiado sobre a identidade do sacerdote... Mas, talvez se tenha rezado demasiado pouco. É a oração que dá o estilo essencial do sacerdócio. Sem ela, esse estilo deforma-se. A oração ajuda-nos a reencontrar a luz que nos guiou desde o início da nossa vocação,... embora algumas vezes pareça ficar perdida na escuridão”.

A oração ajuda-nos a crer, a esperar e a amar, mesmo quando isso se opõe à nossa fraqueza humana. A oração permite-nos, ainda, redescobrir continuamente as dimensões do Reino, cuja vinda suplicamos todos os dias, ao repetir as palavras que Cristo nos ensinou. “Venha a nós o vosso Reino”. E na oração, com certeza, enxergaremos com mais nitidez os “campos” prontos para a colheita, a falta de operários e a força das palavras do Senhor.

Tende todos um bom domingo.

Dom José Gislon
Bispo Diocesano de Erechim

Leia também

Blog dos Colunistas

Publicidade

Horóscopo

Libra
23/09 até 22/10
A fase lunar nova ocorre no setor de metas e...

Ver todos os signos

Publicidade