Euro R$ 3,63 Dólar R$ 3,15

Publicidade

Esportes

Erechinense participará de importante competição de fisiculturismo

Por Giulianno Olivar - giulianno@jornalbomdia.com.br
Foto Divulgação

Exportadora de jovens atletas dos mais variados esportes, Erechim começa a se destacar, também, no mundo do fisiculturismo. No último final de semana, Gabriel Felipe Kresmaruch participou, em Novo Hamburgo, de uma seletiva para Arnold Classic América do Sul - tradicional evento multiesportivo idealizado pelo ator e fisiculturista Arnold Schwarzenegger. Com a vaga garantida, o atleta agora se prepara para a competição, que acontecerá entre os dias 21 e 23 de abril, em São Paulo.
Apesar do pouco tempo que teve para chegar à seletiva, Gabriel ficou bastante satisfeito com seu desempenho. "Meu treinador me avisou que eu iria para a seletiva 26 dias antes de acontecer. Foi uma preparação bem puxada, mas no fim deu tudo certo, acabei sendo campeão de duas categorias mais campeão do overall", relata o fisiculturista, animado tanto com a vitória quanto com a expectativa para São Paulo. "Foi uma sensação indescritível, ainda mais ganhar todos esses títulos. Agora é focar para o Arnold Classic, que lá o nível é bem mais alto. Vou realizar um sonho indo lá", afirma.

Início no esporte e cuidados

Embora sempre tenha gostado de praticar esportes, Gabriel admite que o interesse pelo fisiculturismo nasceu quase por acaso. "Comecei no futebol e entrei na academia por isso, para fortalecer os músculos e aumentar meu rendimento. Nisso, fui me apaixonando pela musculação e pelo fisiculturismo, que é um esporte que só depende do meu empenho e esforço", conta o atleta, que classifica como "intensa" sua rotina de treinamentos e cuidados com o corpo. "A primeira coisa é a dieta, tem que estar sempre bem regrado nas alimentações. A segunda são os treinos, sempre bem intensos e inteligentes para não acabar lesionando. O fisiculturismo é um estilo de vida, não posso tirar um dia e falar 'hoje sou fisiculturista'. É um trabalho feito em cima da rotina, da luta diária", explica.

Conquistas e futuro

Com apenas um ano e um mês como fisiculturista profissional, Gabriel já conquistou 10 troféus em cinco competições. Destes, seis de primeiro lugar, três de segundo e um de terceiro. "Eu já tinha na minha cabeça que ia fazer o que tivesse que ser feito para ser campeão. E os esforços meu e do meu treinador Henrique Desordi refletiram nos títulos. Ele tem sido um irmão para mim", destaca o atleta, que projeta uma carreira bem sucedida em âmbito internacional. "Pretendo disputar competições no exterior, conseguir um bom patrocínio, já que é um esporte caro. Mas a minha ambição em relação ao esporte é estar entre os melhores do mundo", completa Gabriel.

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas