Euro R$ 3,66 Dólar R$ 3,15

Publicidade

Erechim

Projeto desenvolvido por erechinenses vai representar o Brasil em evento

Por Assessoria de imprensa
Foto Divulgação - assessoria de imprensa

A convite da Escola Pontiac Twp. High School da cidade de Pontiac, Illinois, EUA  embarcam nesta sexta (21), para os Estados Unidos, um grupo de Escoteiros do Tupinambás que estão desenvolvendo um projeto ambiental sobre descarte de medicamentos, baseado no modelo dos estudantes americanos.

Os mesmos irão apresentar os projetos desenvolvidos pela Tropa Sênior do Tupinambás no “Clean Water Celebration”, um dos mais importantes eventos  ambientais dos EUA.

O Projeto P2D2 Brazil tem o apoio da União dos Escoteiros do Brasil (UEB) e de instituições internacionais, entre elas o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), Escola Pontiac Twp. High School da cidade de Pontiac, Illinois, e do Governo do Estado de Illinois - EUA.

Este Projeto propõe a implantação do Programa de Descarte Consciente de Medicamentos na região do Alto Uruguai. Entre as ações propostas, serão realizadas visitas às residências levando material explicativo sobre a importância do descarte consciente dos medicamentos, alertando a população sobre o perigo da contaminação da água e do meio ambiente.

Embora haja poucas pesquisas em torno do assunto na Região, a contaminação ambiental pelo descarte de medicamentos é um problema que vem sendo fortemente debatido em todo o mundo, apontando inclusive a existência de resíduos de antibióticos na água que chega às torneiras das casas, ocasionando consumo involuntário deste tipo de medicamento, tendo como consequência a ineficiência quando estes são utilizados sob orientação médica.     

O grupo está representado pelos escoteiros, Bruno Duarte, Bernardo Brendler Pizarro, Juliano Rizzi Junior, Henry Schuchmann, Luiz Antônio Teixeira Pedott,  Arthur Binotto Menegolla, Marcelo Martovicz Favero,  Fernanda Martovicz Favero, Natasha Meneghel Karpinski, Alícia Wozniak Ceni, Guilherme Formentini Brancher, Gabriela Jurk Erkmann, Ellyen Tobaldini, Antonio Mallmann e Igor Meneguzzo.

Segundo o coordenador do projeto, Paulo Roberto Hübner que é Especialista em Educação Ambiental (UFSM), a participação no evento tem por objetivo mostrar os diversos projetos desenvolvidos pela Tropa Sênior do Tupinambás e trazer conhecimento e experiência que será compartilhada com todo o grupo.

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas