Euro R$ 3,65 Dólar R$ 3,27

Publicidade

Estado

Belchior morreu no sofá da casa onde morava em Santa Cruz do Sul

Por Redação Portal Gaz
Foto Rodrigo Assmann/Gazeta do Sul/ Paola Severo/Portal Gaz

O cantor e compositor brasileiro Belchior faleceu em Santa Cruz do Sul na manhã deste domingo, 30. O músico de 70 anos era natural de Sobral, no Ceará, e estaria morando há pelo menos meio ano junto com sua companheira em uma casa localizada no Bairro Santo Inácio. Antes disso, teria passado algumas semanas na Ecovila Karaguatá, em Rio Pardinho, e também morou por meio ano na casa do amigo Dogival Duarte.

Conforme informações preliminares repassadas pela polícia, o músico teria morrido dormindo no sofá e a suspeita é de que tenha sofrido uma apneia. No entanto, a causa oficial da morte ainda não foi divulgada. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local por volta das 7 horas. O corpo permanece na residência e aguarda a perícia para que seja removido e encaminhado ao Ceará, onde será velado e sepultado.

A Brigada Militar e a Polícia Civil também estão no local e a rua está bloqueada. Uma mulher recebeu os policiais, possivelmente a esposa de Belchior, mas pediu para não ser fotografada e preferiu não falar com os jornalistas, que seguem na porta da residência.

Fonte:http://gaz.com.br/

14:38 Ainda segundo uma sobrinha, eles não tinham muito contato, mas ele estava feliz e compondo. Ele queria uma vida mais tranquila.

14:32  Funerária faz a remoção do corpo de Belchior

14:32  - Vizinhos sabiam por rumores que se tratava do cantor

O artista residia há seis meses em uma casa no Bairro Santo Inácio, na qual faleceu nesta manhã. Segundo os vizinhos, ele levava uma vida muito discreta e poucos sabiam que o cantor vivia ali. 

Roque Mueller, que era vizinho do cantor, já havia ouvido rumores de que o morador daquela residência era Belchior. Ele também contou que o cantor levava uma vida muito discreta e que havia pouca movimentação na casa. "Eu lamento. Seria bom ter sabido que era ele, ter feito um churrasco com ele, por exemplo", lamentou. "Belchior era um mistério para a vizinhança. Ninguém sabe ou tem certeza de nada", completou.

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas