Euro R$ 3,65 Dólar R$ 3,27

Publicidade

Ensino

Escola da URI realiza Acantonamento Olímpico Masculino

Por Assessoria de imprensa
Foto Divulgação - assessoria de imprensa

Uma das atividades que levaram a Escola de Educação Básica da URI a ser a primeira do país a receber a certificação Pierre de Coubertin foi a realização do Acantonamento Olímpico. A atividade voltou a ser realizada nos dias 06 e 07 de maio com o XVIII Acantonamento Olímpico Masculino. O evento, já tradicional na Instituição, contou com a participação de mais de 80 pessoas entre alunos, monitores e professores da Escola e acadêmicos do Curso de Educação Física.

Durante a ação, os alunos puderam vivenciar e participar de diversas atividades, tais como: Circuito Olímpico, Caça ao Tesouro, atividades recreativas, jogos esportivos, busca da lenha e acendimento da fogueira e vigias noturnas. A programação do acantonamento tinha como objetivo disseminar os Valores Olímpicos (Respeito, Amizade e Excelência).

A iniciativa foi organizada pelos professores Edenir Serafini, Daiane Pegoraro e Bruno Faleiro, tendo o auxílio dos acadêmicos do Grupo de Pesquisa e Estudo em Educação Física/Educação Olímpica (GEPEF/EO) Samara Poso, Matheus Slaviero, Emile Zortéa, Vanessa Alberti e Stefany Krebs e das monitoras da Escola Básica, Letícia Fassicollo e Eliara Schultz, ambas acadêmicas dos Cursos de Educação Física Bacharelado e Licenciatura.

Segundo Edenir, o Acantonamento representa muitas vezes a primeira experiência noturna das crianças onde os pais são substituídos pelos amigos e professores e estes se tornam sua referência e apoio. Neste momento, pequenas tarefas e desafios auxiliam as crianças a superar seus medos, fortalecer a convivência social e comunitária, além de desenvolver atividades culturais, físicas e cognitivas.

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas