Euro R$ 3,85 Dólar R$ 3,26

Publicidade

Esportes

Vai começa o maior rali de velocidade do Brasil

Por Assessoria de imprensa
Foto Divulgação - assessoria de imprensa

Começa nesta quinta-feira (18), a programação da maior e mais importante prova de rali de velocidade do Brasil, a 20ª edição do Erechim Rally Brasil. Na pista, nada menos que 76 carros inscritos para a largada. Fora delas, expectativa de mais um grande público, como foram nos últimos anos, em uma região do País onde a paixão pelo esporte é inigualável.

Neste primeiro dia de programa, os competidores iniciam o reconhecimento das especiais. Este é o momento em que os pilotos repassam aos navegadores as informações que vão querer ouvir ao longe da corrida. O piloto pontua graduações de situações que vai encontrar durante a prova, como curvas, saltos entre outros, com pontuações que vão normalmente de 1 a 5, onde o número mais baixo significa maior dificuldade para contornar determinado obstáculo.

O navegador Cássio Navarini salienta que este é um momento de muita concentração. “Precisamos estar atentos a todos os detalhes, focados para que durante a prova consigamos ter o mínimo de erros possíveis”, explica.

Em Erechim, serão 13 especiais, entre a noite de sexta-feira, dia 19, e o domingo, dia 21. O total da prova em trechos cronometrados será de 155 quilômetros, todos em estradas de terra, inclusive a pista do super-prime, no Parque da Accie.

 

Montagem dos boxes

As equipes inscritas no Rally Erechim também começam a montar nesta quinta os boxes de apoio mecânico, junto ao parque de apoio, que ficará instalado no Parque da Accie, margens das BRs 153 e 480.

 

Carreata promocional

Nesta quinta-feira também acontece a carreata promocional dos carros que vão estar participando do Rally Erechim. Os carros saem em comboio do Parque de Apoio, e sobem pela avenida Sete de Setembro, do estádio Colosso da Lagoa até a Praça da Bandeira, centro da cidade.

Os carros então serão posicionados no entorno da Praça, e os competidores estarão participando do momento, que vai servir de integração com o público de Erechim. A ação acontecerá entre às 20h e 20h45.

 

O Rally Erechim

Primeiro dia de prova: 19 de maio de 2017

Último dia de prova: 21 de maio de 2017

Campeonatos em disputa: Sul-americano, Brasileiro e Gaúcho de rali de velocidade

Especiais: 13 (155 km)

Parque de apoio: Parque da Accie, Erechim (RS)

Site oficial: www.rallyerechim.com.br

 

Itinerário

- O Rally Erechim começa a ser disputa na noite de sexta-feira, com a disputa do super-prime noturno. A disputa se dá em uma pista com 3,8 quilômetros e no mesmo local dos anos anterior.

- No sábado, a primeira especial é totalmente nova. Possui trechos de alta velocidade, mesclados com outros mais travados, um trecho bastante seletivo.

- A segunda especial do sábado, a Vale Dourado é a única do dia com trecho exatamente igual aos disputado em 2016, passando por um vale com impressionante vista natural.

- A terceira especial do dia, a Vale dos Parreiras, passa por pontos turísticos no interior de Erechim, mantendo parte do trajeto de 2016 e com novidades na parte final.

- No domingo o rali vai para o lado oeste da região, se concentrando também em parte dos municípios de Paulo Bento e Barão de Cotegipe. Mantém o mesmo roteiro da etapa do Campeonato Gaúcho de 2016, tendo um dos trechos bastante rápidos.

 

História

- O Rally de Erechim foi disputado pela primeira vez em 1998 e entrou para o calendário do Campeonato Sul-americano, em 2002.

- Em 2005, teve uma pausa nos campeonatos Sul-americano e Brasileiro e sediou apenas uma etapa do Gaúcho (Estadual).

- Em 2006, foi considerado pelo primeira vez o melhor rali do calendário sul-americano e tornou-se definitivamente a maior e mais importante prova do rali de velocidade no Brasil.

- Em 2015, recebeu pela primeira vez um público de 100 mil expectadores in-loco, fato repetido em 2016.

 

OS CAMPEÕES DO RALLY ERECHIM

1998 - Paulo Lemos/Maria Antonieta - VW Golf Kit Car

1999 - Maurício Neves/Marco Marini - Mitsubishi Colt

2000 - Ulysses Bertholdo/Nilo de Paula - Mitsubishi Lancer

2001 - Ulysses Bertholdo/Alberto Zoffmann - Mitsubishi Lancer

2002 - Carlos Malarczuk/Hugo Tomas (ARG) - Mitsubishi Lancer

2003 - Édio Fuchter/Rafael Furtado - Subaru Impreza

2004 - Ramon Ferreyros/Rubem Garcia (PER) - Subaru Impreza

2005 - Juliano Sartori/Rafael Sartori - Mitsubishi Lancer

2006 - Roberto Sanchez/Edgardo Galindo (ARG) - Subaru Impreza

2007 - Roberto Sanchez/Edgardo Galindo (ARG) - Subaru Impreza

2008 - Victor Galeano/Diego Fabiabi (PAR) - Mitsubishi Lancer

2009 - Raul Martinez/Javier Montero (ARG) - Subaru Impreza

2009 - Milton Pagliosa/André Pagliosa - Mitsubishi Lancer (segundo evento do Campeonato Gaúcho)

2010 - Diego Dominguez/Edgardo Galindo (PAR) - Mitsubishi Lancer

2011 - Gustavo Saba/Victor Aguilera (PAR) - Mitsubishi Lancer

2012 - Gustavo Saba/Victor Aguilera (PAR) - Mitsubishi Lancer

2013 - Gustavo Saba/Victor Aguilera (PAR) - Skoda Fabia S2000

2014 - Diego Dominguez/Edgardo Galindo (PAR) - Ford Fiesta R5

2015 - Diego Dominguez/Edgardo Galindo (PAR) - Ford Fiesta R5

2016 - Diego Dominguez/Edgardo Galindo (PAR) - Ford Fiesta R5

2016 - Fábio Dall Agnol/Gabriel Morales - Mitsubishi Lancer (segundo evento do Campeonato Gaúcho)

 

O Rally Erechim em números

19 edições disputadas

21 corridas realizadas (duas apenas pelo Campeonato Gaúcho (2009 e 2016)

 

Vitórias por países

Paraguai - 8 vitórias

Brasil - 8 vitórias

Argentina - 4 vitórias

Peru - 1 vitória

 

Vitórias por marcas

Mitsubishi  - 11 vitórias

Subaru - 5 vitórias

Ford - 3 vitórias

Volkswagen - 1 vitórias

Skoda - 1 vitória

 

Vitórias por pilotos

4 vitórias: Diego Dominguez (PAR)

3 vitórias: Gustavo Saba (PAR)

2 vitórias: Ulysses Bertholdo (BRA), Roberto Sanches (ARG)

1 vitórias: Paulo Lemos, Maurício Neves, Carlos Malarczuk (ARG), Édio Fuchter, Ramon Ferreyros, Juliano Sartori, Victor Galeano, Raul Martinez, Milton Pagliosa e Fábio Dall Agnol

 

Vitórias por navegadores

5 vitórias: Edgardo Galindo (ARG)

3 vitórias: Victor Aguilera (PAR)

1 vitórias: Maria Antonieta, Marco Marini, Nilo de Paula, Alberto Zoffmann, Hugo Tomas (ARG), Rubem Garcia (PER), Rafael Sartori, Diego Fabiabi (PAR), Javier Montero, André Pagliosa e Gabriel Morales

Leia também

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas