Euro R$ 3,85 Dólar R$ 3,26

Publicidade

Segurança

Adolescente suspeito de homicídio é apreendido em Erechim

Por Da Redação
Foto Divulgação

Foi preso nesta quinta-feira (18), o suspeito de ter assassinado Paulo Roberto Gomes Junior 22 anos, no dia 30 de janeiro deste ano, na rua Santa Barbara, bairro Cristo Rei, em Erechim.

Na ocasião, a vítima foi atingida por pelo menos sete disparos de arma de fogo, ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo. A investigação ficou a cargo da  Delegacia Especializada de Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec) e assim que a autoria foi comprovada, a Polícia Civil solicitou a promotoria da comarca de Erechim, que analisasse a conveniência da internação provisória do adolescente suspeito.

Deferido o pedido pela vara da infância e juventude da comarca da cidade, no inicio desta manhã, os policiais apreenderam A.E.D.C.S. 15 anos, na residência de sua namorada, momento em que foi detido pelos agentes. De acordo com o delegado Gustavo Ceccon, titular da Defrec, todos os homicídios ocorridos no ano de 2017 na cidade de Erechim estão elucidados. Depois dos procedimentos legais, o adolescente foi encaminhado ao CASE Passo Fundo, onde permanecerá à disposição da justiça.

Motivação para o crime

A morte de Paulo Roberto Gomes Júnior pode ser mais um capítulo da onda de violência que amedronta os moradores dos bairros Cristo Rei e Progresso. O homicídio pode ter sido causado por rivalidade entre grupos e famílias. A vítima era irmão do ex-namorado de Jaqueline Pinto de Jesus, morta a tiros no dia 10 dezembro do ano passado, também no Bairro Cristo Rei. A morte de Jaqueline desencadeou uma briga entre duas famílias, que resultou em uma série de atentados, sendo que por estes crimes, duas pessoas já foram presas e outras duas seguem sendo procuradas pela Polícia Civil e Brigada Militar. Conforme fontes ouvidas pela reportagem do Jornal Bom Dia, a morte de Paulo Roberto foi um aviso ao irmão dele, (ex-namorado de Jaqueline), que precisou sair de Erechim após receber ameaças. Familiares também confirmaram que o jovem já havia sido ameaçado de morte. O irmão de Paulo teria se tornado alvo das retaliações, após se tornar suspeito de assassinar o jovem, Eduardo Denner Machado, de 16 anos, no dia 28 dezembro, durante um tiroteio. 

O pai da vítima, Paulo Gomes, que é vice-presidente de uma cooperativa de recicladores do bairro, comentou que o filho não tinha envolvimento com crimes. "Ele trabalhava comigo na reciclagem. Antes de ir para casa na noite de domingo (29), por volta das 20h, ele me falou que ia trabalhar até mais tarde. Foi à última vez que nos vimos. Depois não sei para onde ele foi e porque ocorreu isso", relatou o familiar.  

 

Leia também

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas