Euro R$ 3,65 Dólar R$ 3,27

Publicidade

Erechim

URI 25 anos formando pessoal com ética e qualidade

Por Assessoria de imprensa
Foto Divulgação - assessoria de imprensa

A Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI) é uma Instituição Comunitária e Multicâmpus, reconhecida pela Portaria nº 708, de 19 de maio de 1992, recredenciada pela Portaria nº 1.295, de 23 de outubro de 2012, com sede na cidade de Erechim. É mantida pela Fundação Regional Integrada (FuRI), entidade de caráter técnico-educativo-cultural, com sede e foro na cidade de Santo Ângelo. Possui autonomia didático-científica, administrativa e de gestão financeira e patrimonial obedecendo ao princípio da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão.

A URI teve sua origem a partir da cooperação técnico-científica das Instituições de Ensino Superior do DGE 38 e da integração e inserção regionais. De modelo multicâmpus, congregou o conhecimento e a diversidade cultural do seu contexto e constituiu um projeto institucional que há 25 anos assume o compromisso com o desenvolvimento pleno e integral das regiões nas quais está inserida. Graças ao desprendimento de pessoas e às iniciativas de lideranças de Instituições de Ensino Superior (IES), e de lideranças comunitárias de diferentes áreas, foi possível unificar, em torno de uma única Instituição, não só os patrimônios físicos, mas também o conhecimento que gerado por essas IES, que atuavam de forma isolada, cada uma em sua região, em sua comunidade, cumprindo uma função social que, até então, o Estado não tinha como atender.

O interesse comum, possível a partir da disposição para o estabelecimento de um diálogo que permitisse avançar na direção da construção de uma célula mater que propiciasse o nascimento de uma Instituição una, sólida, maior e mais representativa, levou, em um primeiro momento, à união das IES de Erechim, Santo Ângelo, Frederico Westphalen, São Luiz Gonzaga e Cerro Largo. Em etapa posterior, a IES de Santiago também passou a integrar o grupo.

Raízes e gestão

Passados 25 anos do surgimento da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, a URI, a despeito das suas regionalizações e diversidades, respeitando-as na sua profundidade e plenitude, aprendeu com rapidez a conviver com as diferenças culturais herdadas de seus colonizadores. A URI vem se construindo no Ensino Superior, que remonta há mais de 50 anos e, valendo-se de competências e criatividade, se alça entre as mais bem colocadas no Estado e sul do Brasil.

Com uma administração descentralizada, a Universidade outorga autonomia às suas Unidades sem, no entanto, abdicar de um órgão colegiado que contempla a academia e as comunidades. Mediante a ação de um Conselho Universitário, vem honrando sua missão de formar pessoal ético e competente, inserido na comunidade regional, capaz de construir o conhecimento, promover a cultura e o intercâmbio a fim de desenvolver a consciência coletiva na busca contínua da valorização e solidariedade humanas.

Em 2009, após profunda, criteriosa e meticulosa avaliação externa, analisada sob dez dimensões da essência de uma Universidade, tarefa realizada por especialistas designados pelo Ministério da Educação, a URI conquistou seu recredenciamento. A nota conferida foi motivo de satisfação e reconhecimento, que congregou desde aqueles que lançaram as primeiras raízes da Instituição até os que a conduziram por esses 25 anos, consolidando o comprometimento e o trabalho de todos os envolvidos no processo. A conquista do conceito 4, em um máximo de 5, pode ser interpretado como um desafio à melhoria, considerados os critérios estabelecidos pelo Ministério da Educação. É preciso avançar. Em 2018 a Instituição passará por novo processo de recredenciamento.

Considerando-se os princípios de gestão elencados e vivenciados pela URI pode-se ter uma ideia mais clara de que também a Instituição, entendida como um ente jurídico tem por princípio agir em consonância com preceitos aceitos no mundo acadêmico. Ética, corresponsabilidade, qualificação institucional, inovação, desenvolvimento regional, vida e ambiente, gestão democrática, sustentabilidade e internacionalização são mais que diretrizes da Universidade: constituem uma fotografia que identifica como deseja ela portar-se e o que ela própria se propõe, a que se expõe, inclusive à observação e avaliação, interna e externa, independente da origem desta avaliação.

Nesse entendimento a universidade é um espaço de protagonismo, da resposta aos desafios, de produção de conhecimento de excelência.

O esforço empreendido pelas comunidades que formaram a URI visa transformar o ensino superior, trabalhado isoladamente, em cada comunidade em um grande projeto de universidade, baseado nos preceitos exigidos, em que o local e o global se fundem para fazer crescer o seu entorno.

Diante dessa realidade a Universidade desenvolve uma gestão determinada a levar adiante a sua missão de contribuir de modo responsável (como é da sua tradição) para o desenvolvimento científico, tecnológico, cultural, educacional e social das comunidades nas quais está inserida, melhorando, dessa forma, a qualidade do meio ambiente e de vida das pessoas.

Caráter filantrópico

A URI é uma instituição de caráter filantrópico que se mantém com mensalidades e recursos de projetos de pesquisa e extensão. Salvo exceções não recebe recursos públicos. A universidade não tem fins lucrativos. Os resultados econômico/financeiros são reinvestidos na própria instituição. O marco fundacional de sua mantenedora, a Fundação Regional Integrada (FuRI) coloca seu patrimônio sob a tutela do MP. Em síntese, pode-se afirmar que a URI é uma Instituição de Direito privado, mas não de propriedade privada. O que não se contesta é seu papel social onde ela se encontra.

A URI busca a qualidade e a inovação. Na Universidade, a qualidade e a inovação devem acompanhar todos os sujeitos, projetos e práticas da Educação Superior, corpo docente, infraestrutura, projetos pedagógicos, ensino, pesquisa, extensão e avaliação. A URI visa à excelência do planejamento, dos meios e, em especial, de seus resultados. A utilização de ferramentas modernas de administração tem permitido à Instituição acompanhar o desempenho dos seus cursos, considerando-se as perspectivas de aprendizado e crescimento da organização, processos, sociedade e sustentabilidade financeira.

A universidade também mantém convênios e intercâmbios com outras instituições nacionais e internacionais. As relações são com órgãos públicos e privados com objetivos comuns revertidos às instituições e ao bem coletivo com valorização do conhecimento e da formação. Neste sentido a URI vem aumentando seu leque de parcerias fortalecendo seus laços de relacionamento nas mais diferentes áreas, instituições e geografias.

Atualmente, integra a URI um complexo de seis unidades, oito departamentos, 34 cursos de graduação, com 86 opções de oferta de ingresso, 47 cursos de pós-graduação lato sensu, sete mestrados e dois doutorados, 92 grupos de pesquisa, 342 bolsas de iniciação científica implementadas na graduação e 54 no ensino médio; mais de 1,2 mil professores, 912 funcionários, mais de 15 mil alunos na graduação e pós-graduação, mais de 2,2 mil alunos nas seis Escolas de Educação Básica, mais de 90 mil pessoas atendidas por seus programas de extensão, um acervo bibliográfico superior a 215 mil títulos e 424 laboratórios.

Ao projetar a gestão para os próximos anos, a URI segue seu caminho trilhado pelo viés de universidade comunitária e pelo desafio constante da busca de excelência e da inovação, cumprindo seu propósito de oferecer ensino, pesquisa e extensão, sempre tendo como força basilar os preceitos científicos e humanos, descritos na missão e na visão da universidade.

Leia também

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas