Euro R$ 3,66 Dólar R$ 3,15

Publicidade

Região

Itatiba do Sul realiza I Conferência Municipal de Saúde da Mulher

Por Assessoria de imprensa
Foto Divulgação - assessoria de imprensa

A Secretaria Municipal De Saúde de Itatiba do Sul e o Conselho Municipal da Saúde promoveu na última quarta-feira dia 17 a I Conferência Municipal da Saúde da Mulher.

A I Conferência Municipal de Saúde da Mulher realizada no município, contou com cerca de 400 pessoas, representantes de usuários, gestores, prestadores de serviço e trabalhadores em saúde, bem como a Prefeita Municipal Adriana Kátia Tozzo, o Vice Prefeito Gentil Zati, Secretários Municipais, Vereadores e demais lideranças políticas e comunitárias do município.

Num primeiro momento, foi lido o regimento da conferência e aprovado pelos presentes.

O tema central da Conferência foi, “Saúde da Mulher, Desafios para integralidade com Equidade”.

Participou da conferência a Srª Leda Mendes representando a 11ª CRS, a qual fez menção à realização da 1ª Conferência Nacional de Saúde da Mulher ainda em 1986, a qual teve suas propostas inclusas na constituição de 1988. Agora estamos realizando a 1ª Conferência Estadual e Municipal, a qual também tem como objetivo levantar propostas as quais tendem a beneficiar principalmente as mulheres.

Adriana Kátia Tozzo, prefeita Municipal em seu pronunciamento enfatizou a importância da mulher em casa, no trabalho e na sociedade. Enfatizou que nosso município tem aplicado muito mais que os 15 % de obrigação na saúde, o que gira em torno de 23%. E isso tem destacado a qualidade do atendimento à nossa população.  Disse ainda que muitos direitos dos trabalhadores tendem a serem tirados, caso sejam aprovadas as medidas propostas pelos governantes, no que diz respeito à reforma trabalhista e previdenciária.

Em seguida o fisioterapeuta do Centro de Referencia em Saúde do Trabalhador – CEREST, Gilson Inácio de Moura Arreal, proferiu aos presentes palestra sobre alguns eixos da conferência, principalmente no que diz respeito ao trabalho enfatizando que o trabalho foi se transformando ao longo dos tempos e hoje ele é visto como uma realização pessoal, dignificando o homem.

Em seguida os participantes foram divididos grupos, onde foram discutidos os eixos temáticos da conferência. Após o debate em grupo, as propostas foram apresentadas aos presentes, e escolhidas as de maior relevância para que possam ser encaminhadas a nível Estadual. Também foram escolhidos dois “Delegados” que participarão da I Conferência Estadual da Saúde da Mulher, como sendo um representante de usuários, um representante de Trabalhadores em Saúde.

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas