Publicidade

Região

Projetos sociais e compensação financeira não tema de encontro em Machadinho

Por Assessoria de Comunicação
Foto Divulgação

Aconteceu nesta quarta-feira (21), na Usina Hidrelétrica Machadinho (UHE), uma reunião entre o Consórcio Machadinho e as autoridades do município de Machadinho (RS). Estiveram presentes no encontro o prefeito do município, Hamilton Lauer, o vice-prefeito Alcir Grison e o presidente da câmara de vereadores Clori de Menezes. Eles foram recepcionados na Usina pelo gerente do Consórcio Machadinho Roberto Pizzato e pelo administrador Airton Morganti. A reunião também contou com a presença do gerente da Usina Christiano Pase. Um dos objetivos da reunião foi o esclarecimento da fórmula de cálculo e tarifa da compensação financeira recebida pelos municípios abrangidos pelo reservatório da UHE Machadinho. Este pagamento é feito aos municípios que tiveram áreas alagadas pelo reservatório.

Também foi discutida a situação dos projetos sociais prospectados e em andamento na cidade de Machadinho. O prefeito e o vice destacaram a importância do encontro, que veio para sanar possíveis dúvidas quanto ao recebimento da compensação financeira e também fortalecer a realização de projetos entre o Consórcio Machadinho e o município. O prefeito Hamilton Lauer destacou ser essencial a integração entre os municípios lindeiros e a Usina. “Acho importante a realização de projetos de interesses comuns entre os Municípios, como por exemplo um plano integrado de desenvolvimento do turismo, dentre outros”, destacou Hamilton.

O administrador do Consórcio Machadinho Airton Morganti entende que as parcerias entre os municípios e o Consórcio são importantes para o desenvolvimento da região. Como exemplos podemos destacar o projeto “ConheSer”, o projeto “PROERD”, e “Esporte para todos” que envolvem crianças e adolescentes. Também para este ano está prevista a revitalização da Biblioteca Municipal. “Nós do Consórcio destacamos a importância de realizar reuniões como esta, ainda neste ano pretendemos nos reunir com os gestores dos demais municípios lindeiros para levantarmos os potenciais projetos”, salientou Airton. 

SAIBA MAIS:

Desde o início da operação a UHE machadinho destinou de compensação financeira um total de R$ 344 milhões. Deste montante cerca de R$ 138 milhões foram repassados aos municípios da área de abrangência, R$ 138 milhões para os estados de SC e RS e R$ 68 milhões para os órgãos do Governo Federal. Este pagamento é feito pelo uso da agua dos rios para a geração de energia elétrica. Os

 

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas