Euro R$ 3,94 Dólar R$ 3,34

Publicidade

Erechim

Tem Criança na Viagem. E agora?

Por Da redação
Foto Antonio Grzybowski

Inspirado em projeto que ajuda pais planejarem passeios em família, o Jornal Bom Dia elencou locais e programas para o público infantil em Erechim

Durante 15 anos, o jornalista Emilio Rotta (41) trabalhou em um jornal diário na cidade de Lajeado, no Vale do Taquari - onde atuava como editor-chefe. Sua esposa, a também jornalista Josiane Weschenfelder Rotta (35), trabalhava há sete anos como assessora de imprensa de uma operadora de planos de saúde da região.  Os dois são pais da Sara (6), e, por conta dela, resolveram mudar de vida.

"Estávamos cansados da rotina e de dedicar pouco tempo à Sara. Assim como a maioria dos pais, deixávamos nossa filha na escola cedinho e só nos víamos novamente à noite", conta Emilio. "A gente se deu conta de que a vidinha dela estava passando rápido demais e precisávamos mudar o nosso modo de vida", complementa a mãe.

O casal, apaixonado por viagens, decidiu fazer um período sabático. Em julho de 2016, os dois colocaram o apartamento em que moram à venda. Começaram a economizar onde podiam, avisaram as empresas que só trabalhariam por mais alguns meses, definiram um roteiro, o tempo que duraria a trip e deram início ao projeto Tem Criança na Viagem - um site voltado a pais que viajam com seus filhos, ou que pretendem viajar e buscam informações.

"O site nasceu pelo incentivo de amigos que queriam que contássemos sobre essa viagem, principalmente pelo fato de levarmos uma criança para lugares mais exóticos e com cultura tão diferente da nossa. Identificamos então uma possibilidade de geração de renda, pois atraímos para o site um público comercialmente muito interessante: famílias com filhos e que gostam ou têm interesse em viagens. Além de relatos nossos, temos também convidados e informações mais gerais para quem deseja sair com criança, como documentos necessários, confecção de passaporte ou mesmo cuidados com a saúde dos bebês em viagens", explica Josiane.

Em fevereiro, depois de despedirem-se dos empregos, pegaram a Sara e as mochilas e embarcaram rumo à Ásia - do outro lado do mundo. Durante três meses, conheceram seis países - Turquia, Singapura, Malásia, Tailândia, Vietnã e China. "Foi uma experiência incrível, enriquecedora, que nos aproximou ainda mais e reforçou nossos laços como família. A Sara absorveu muito conhecimento, amadureceu. Conheceu novas culturas, viu gente diferente, passou a ver que o mundo é maior do que pensamos", relata Emilio. "Para nós, adultos, que estávamos há anos naquela rotina, foi um período para nos reencontrarmos. Reabastecemos as energias, cultivamos a tolerância e, apesar de já termos viajado bastante, passamos a ver o mundo de uma forma diferente. Foi uma viagem para conhecer novas culturas e lugares, mas para conhecermos nosso interior, também."

Os dois retornaram a Lajeado e voltaram a trabalhar - mas com o pé um pouco mais no freio. Com MBA em Branding & Business, abriram uma empresa de assessoria em comunicação e marketing, que tocam junto com o Tem Criança na Viagem. Trabalham em casa, perto da filha, que agora vai um turno para a escola e no outro fica em casa, com os pais - que já programam as próximas viagens. Em família, claro.

Opções de lazer para crianças em Erechim

A pedido de Emilio e Josiane, a reportagem do Bom Dia ficou incumbida de elencar locais e atividades que sejam atrativos para crianças em Erechim, em diferentes épocas do ano. Confira as sugestões que são válidas tanto para quem visita a cidade, quanto para quem aqui reside:

1) Parque Longines Malinowski

Natureza, tranquilidade e ar puro. Essa combinação, por si só já é bastante convidativa. Agora imagine ter isso à disposição em pleno centro da cidade e ainda contar com trilha para caminhada entre as árvores, ciclofaixa com opção de aluguel de bicicletas, parquinho de diversões, equipamentos para exercícios e biblioteca com opções variadas de livros? Estas são algumas das características que fazem do Parque Longines Malinowski uma boa opção de lazer tanto para quem reside quanto para quem visita Erechim acompanhado de crianças. No local também estão disponíveis mesas, cadeiras, pias e churrasqueiras.

Além da proximidade com a natureza, Parque Longines Malinowski conta com espaço de lazer para crianças

2) Romaria das Crianças

Outubro tem como opção para erechinenses e visitantes uma atração religiosa: a Romaria das Crianças. O evento acontece anualmente e antecipa a tradicional Romaria de Nossa Senhora de Fátima em Erechim. Realizada no Santuário Nossa Senhora de Fátima, também no centro da cidade, o evento  é voltado ao público infantil, que participa tanto de procissão, quanto das orações e cantos nas celebrações. Neste ano ela aconteceu no último sábado (7), reunindo milhares de crianças e suas famílias.

3) Praça Jayme Lago

Bem arborizada e já adotada como ponto de encontro do público erechinense, a Praça Jayme Lago conta com um amplo espaço para diversão em família. Para as crianças, em especial, tem como opção o parque infantil. Nos fins de semana as ruas que ficam no entorno da Praça têm trânsito interrompido, o que permite que as crianças possam andar de bicicleta, patinar e brincar, enquanto as famílias aproveitam para compartilhar chimarrão e pipoca à sombra das árvores.

4) Estádio Colosso da Lagoa

Visitar Erechim e não passar pela casa do time de futebol da cidade significa um passeio incompleto. E para quem mora aqui, não é diferente. Considerado o maior estádio de futebol do interior do Rio Grande do Sul, o Colosso da Lagoa é o local onde o Ypiranga Futebol Clube recebe seus torcedores e visitantes. Além de ser um bom passeio para a família, as crianças que visitam o local além de conhecer a estrutura do estádio – e, com sorte assistir uma das partidas de futebol - ainda podem conferir a “Bola Canarinho”, a maior bola estática do mundo. Com as cores do Ypiranga, ela mede 3,5 metros de diâmetro e pesa uma tonelada.

 5) Jogos no Caldeirão do Galo

Ainda para quem gosta de esporte, um dos locais que reúne erechinenses de todas as idades é o Caldeirão do Galo. O ginásio do Clube Esportivo e Recreativo Atlântico, casa do time de futsal da cidade, o CER Atlântico é, com certeza, um bom ponto de encontro para crianças, adolescentes e adultos, que podem aproveitar bons momentos especialmente nos dias de jogos. Com capacidade para cerca de três mil pessoas, as partidas do Galo são marcadas pela proximidade entre torcida e jogadores, o que garante um programa de muita emoção mesmo para quem não torce para o time da casa.

6) Festas juninas

Os meses de inverno também têm um diferencial para quem gosta de festas em Erechim, especialmente para a criançada. São as festas juninas promovidas principalmente pelas escolas das redes pública e privada. Abertas ao público, elas reúnem boa comida, música e diversão. O gosto pelos “arraiás” é tão grande, que muitas vezes eles transcendem junho, sendo realizados também nos meses de julho e agosto.

 

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas