Publicidade

Mundo

Atletas brasileiros evoluem em PyeongChang, mas ainda sem ganhar medalhas

pueong.jpg
636537820966439833.jpg
Por Agência Brasil
Foto Divulgação

País predominantemente tropical, o Brasil vem evoluindo nos esportes de inverno, mas ainda está longe de se tornar um destaque nesta área. Tanto assim que até agora o país não conquistou nenhuma medalha nos Jogos Olímpicos de Inverno em PyeongChang, na Coreia do Sul, que terminam nesta sexta-feira (23).  A competição envolve 15 esportes de inverno disputados por atletas de 93 países.

Na quarta-feira (21), o atleta brasileiro do esqui alpino, Michel Macedo, se despediu dos Jogos após não conseguir completar a primeira descida do Slalom Especial. O atleta não chegou a cair, mas perdeu uma passagem obrigatória no final da primeira descida.

Macedo não conseguiu superar a falta de ritmo devido a uma contusão durante um treinamento, além das condições adversas da pista de Yongpyong, que atrapalhou vários atletas na hora de completar a prova. Dos 106 participantes, apenas 43 conseguiram completar as duas descidas.

De acordo com o Comitê Olímpico do Brasil, nem mesmo os atletas favoritos ao ouro, como o austríaco Marcel Hischer e o norueguês Henrik Kristoffersen, conseguiram completar a prova. O primeiro lugar foi do sueco André Myherer, seguido do suíço Ramon Zenhaeusern e do austríaco Michael Matt.

Michel Michel ficou nos Top 15 do Super G nos Jogos Olímpicos da Juventude Lillehammer 2016 e se destaca desde as categorias de base, chegando ao pódio em nove provas internacionais e quebrando, no último ano, quatro dos cinco recordes brasileiros da modalidade.

Patinação Artística

Outro destaque nacional em PyeongChang é Isadora Williams, de 22 anos, a primeira patinadora do Brasil  a passar à final de uma categoria dos Jogos Olímpicos de Inverno. Filha de mãe brasileira e nascida nos Estados Unidos, ela se classificou nesta quarta-feira (21) para o Programa Livre da Patinação Artística dos Jogos na Coreia do Sul. Isadora terminou o Programa Curto na 17ª colocação, classificando-se para a final, ao lado de mais 23 atletas.

A segunda fase da competição, Programa Livre, está prevista para as 22h (horário de Brasília) desta quinta-feira (22). Nessa etapa, apresentam-se apenas as 24 patinadoras mais bem classificadas na primeira fase. Segundo a Confederação Brasileira de Desportos no Gelo, Isadora já conquistou cinco medalhas internacionais na carreira.

Delegação brasileira

A delegação brasileira em PyeongChang foi  formada por dez atletas que disputaram cinco modalidades: Isabel Clark (snowboard), Isadora Williams (patinação artística), Michel Macedo (esqui alpino), Jaqueline Mourão e Victor Santos (esqui cross-country) e Edson Bindilatti, Odirlei Pessoni, Rafael Souza, Edson Martins e Erick Vianna (reserva) formaram a equipe de bobsled (espécie de trenó de quatro trilhos dotado de direção e utilizado para descer pistas de neve em grande velocidade).

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas