Euro R$ 4,19 Dólar R$ 3,41

Publicidade

País

Lula segue para Curitiba

Por Pedro Venceslau, Luiz Vassallo e Fausto Macedo/estadão Conteúdo

O ex-presidente Lula está viajando para Curitiba em um avião da Polícia federal. Ele chegou preso de helicóptero ao Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, por volta de 20h20, trocou de aeronave escoltado por policiais e na sequência decolou para a capital paranaensre, se de Laja-jato.

Condenado a 12 anos e um mês de reclusão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo do triplex do Guarujá, o petista entregou-se à PF às 88h40, após permanecer dois dias entrincheirado no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, onde fez sua carreira.

Os agentes federais levaram Lula até a sede da Polícia Federal, em São Paulo, onde o ex-presidente foi submetido a um exame de corpo de delito. O procedimento foi realizado em pouco menos de meia hora. Em um helicóptero do governo paulista, Lula foi levado até Congonhas.

Antes de entregar à PF, na parte da manhã, o ex-presidente fez seu último comício, após a celebração de uma missa por Marisa Letícia, ex-primeira-dama que morreu em fevereiro de 2017 e que, neste sábado, completaria 68 anos.

À sua plateia, Lula, ainda livre, disse que iria se entregar à Polícia Federal. Ele desafiou seus algozes, da força tarefa da Lava Jato, a apresentarem provas contra ele. "Vou de cabeça erguida e vou sair de peito estufado de lá", afirmou, às 12h55, quando encerrou o comício.

Somente por volta das 18h40, ele saiu a pé até por uma rua nos fundos do prédio do sindicato, rompendo o cerco da multidão, e caminhou com dificuldades até a viatura da PF, que o aguardava.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas