Publicidade

Geral

foto6.jpg

Prefeitos discutem a conservação do solo e da água

Assunto pautou reunião da Amau realizada ontem em Severiano de Almeida

Por Edson Castro - jornalismo@jornalbomdia.com.br
Foto Edson Castro

Os prefeitos que integram a Associação de Municípios do Alto Uruguai (Amau) estiveram reunidos nesta quinta-feira (13) em Severiano de Almeida. A reunião ordinária integrou a programação de aniversário do município que comemora 54 anos de emancipação. No mesmo encontro a Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) promoveu ação de interiorização para discutir assuntos ligados ao municipalismo. 

Os trabalhos foram coordenados pelo presidente da Amau e prefeito de Ponte Preta, Ademir Sakrezenski. Os prefeitos Luiz Francisco Schmidt (Erechim) Juliano Zuanazzi (Marcelino Ramos), que integram a diretoria da associação regional, além do prefeito anfitrião, Milto Vendruscolo (Severiano de Almeida), ao lado do presidente da Famurs e prefeito de Rio dos indios, Salmo Dias de Oliveira, integraram a mesa de honra.

Impacto na conservação do solo da região

Durante o encontro os prefeitos da região foram orientados pelo assistente técnico regional na área de recursos naturais da Emater, Cezar da Rosa, sobre o impacto na conservação dos solos da região, assim como também da água, dentro do programa "Conservar para Produzir Melhor", que integra o programa estadual de conservação do solo e da água, do governo gaúcho.

"Precisamos ter esta preocupação. Temos que ter técnicas que auxiliem na preservação do solo, que também impacta na questão da água", salientou.
Segundo o representante da Emater é preciso que os municípios auxiliem no trabalho de disseminar informações junto aos agentes públicos e também aos produtores rurais. Colher e semear em seguida mantendo a conservação do solo, usar a rotação de culturas nas lavouras e voltar a utilizar o plantio de nível estão entre as ações a serem implementadas nos municípios de acordo com Cezar da Rosa, para que se tenha ganhos de sustentabilidade nas propriedades localizadas no Alto Uruguai.

Um exemplo proposto e que deu certo no interior de Barra do Rio Azul, foi exposto aos prefeitos. "Temos tecnologia, pesquisa, assistência técnica e muita vontade de fazer as coisas acontecerem", acrescentou Cezar. O técnico pediu para que os prefeitos auxiliem na disseminação das informações e realizem ações para preservar o solo e água na região.

Demais assuntos
Pautas como infra-estrutura e obras para a região, assim como a outorga dos poços artesianos nos municípios, também estiveram em debate. Ainda durante a tarde, as primeiras damas da região Alto Uruguai se reuniram no Parque de Eventos da Exposeva, para debaterem outras pautas de interesse regional. No início da noite todos todos participaram da abertura oficial da Exposeva, feira de negócios, agricultura, artesanato, cultura e comércio de severiano de Almeida. (Leia matéria na página 11)

 

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas