Publicidade

Ensino

DSC_0249.JPG
DS.JPG

Marista Medianeira dá vida ao projeto

Por Assessoria de Imprensa
Foto Divulgação

Através do resgate das memórias da infância, encontra-se um dos elementos mais importantes desta faixa etária, as brincadeiras, consideradas patrimônio cultural repleto de simbolismo e significado, tornando-se mobilizadoras de prazer e alegria por meio do imaginário infantil. Partindo desta ideia, os estudantes do Turno Integral do Colégio Marista Medianeira deram vida ao projeto Encantos, brincadeiras em todos os cantos, que tem como objetivo significar a cultura da infância através das brincadeiras infantis, realizada pelo resgate de memórias e troca de experiências com diferentes sujeitos e faixas etárias.

Dentro do projeto, os estudantes receberam a visita das crianças e jovens atendidos pela Associação Beneficente Recriando a Vida, de Erechim, para que pudessem compartilhar brincadeiras e saberes. Em um primeiro momento, as crianças da Recriando a Vida ensinaram aos estudantes do Colégio brincadeiras que aprenderam e que praticam no seu espaço de convivência. Depois, foi a vez do Turno Integral mostrar os cantos temáticos e brinquedos do Colégio aos visitantes, trocando experiências e compartilhando momentos de diversão e muito aprendizado. 

O estudante Gabriel de Mouras, do 1º ano do Ensino Fundamental, disse que "brincar com os novos amigos foi bem legal, pois todos puderam aprender atividades novas."

Para a coordenadora do Turno Integral, Talita Bandurka, nesta proposta, a troca de experiências nos relacionamentos potencializa não apenas a temática do projeto, mas também a vivência e a prática de valores como o respeito aos saberes do outro e à diversidade, e a amizade. "Nós, como escola, temos na essência de nossa missão educar o sujeito em sua integralidade, e é em projetos como este que isso se torna possível. Para as crianças, desejamos "encantos em todos os cantos" e momentos que só a infância proporciona."

 

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas