Publicidade

Economia

RS é o terceiro Estado que mais criou vagas de trabalho formal em março

Por Governo do RS
Foto Divulgação

O Rio Grande do Sul é o terceiro estado da Federação que mais criou vagas de trabalho formal em março: 12.667. É o melhor resultado registrado para o período desde 2014, conforme os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados na última sexta-feira (20), pelo Ministério do Trabalho. 

O estado ficou atrás apenas de São Paulo (30.459) e Minas Gerais (14.149). O índice mensal representa um acréscimo de 0,5% em relação a fevereiro de 2018. No acumulado do ano, o Rio Grande do Sul soma 43,7 mil vagas criadas no mercado de trabalho. 

A Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS) é a instituição executora das políticas públicas de trabalho, emprego e desenvolvimento social do RS. Vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos (SDSTJDH), atua com ênfase nas áreas de geração de emprego e renda. A intermediação de mão de obra é o principal serviço oferecido pela instituição, via  Agências FGTAS/Sine. 

O presidente da fundação, Rogério Grade, atribui os resultados obtidos pelo RS ao trabalho que a FGTAS desenvolve, para aproximar a população desempregada da instituição. “Estamos mostrando ao cidadão que a instituição quer ajudar no momento que ele mais precisa. Precisamos fazer com que o desempregado não se sinta constrangido quando vai à agência FGTAS/Sine. Para isto estamos facilitando o acesso em nossas agências e presentes com nossa unidade móvel em todo o estado”, afirmou.  Rogério Grade disse ainda que a Fundação desempenha importante papel ao promover a empregabilidade no estado, de modo a favorecer o avanço da economia e a promoção da qualidade de vida dos gaúchos.

A Fundação conta com uma rede de atendimento de 140 unidades distribuídas em 137 municípios gaúchos. Em 2017, foram contabilizados 1.443.638 atendimentos gratuitos prestados ao trabalhador. As Agências FGTAS/Sine operacionalizam o Sistema Nacional de Emprego (Sine), programa do Ministério do Trabalho que oferece os serviços de intermediação de mão de obra, encaminhamento de seguro-desemprego e de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS). Nos municípios em que não há unidades da FGTAS, a instituição dispõe o Sine Móvel que leva os serviços de encaminhamento para vagas de emprego e de Carteira de Trabalho à população em ações de promoção da cidadania.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas