Publicidade

Erechim 100 anos

A grande Erechim: Cruzaltense

cruzaltense.jpg
Por Najaska Martins - najaska@jornalbomdia.com.br
Foto Divulgação

Conheça a trajetória de emancipação dos municípios que inicialmente pertenciam ao território de Erechim e hoje fazem parte da região Alto Uruguai:

Cruzaltense

Atualmente com uma população de 2059 habitantes, o município de Cruzaltense fez parte do território da fazenda Quatro Irmãos que o governo brasileiro concedeu a Empresa Inglesa de colonização (Jewish Colonization Association-ICA) pertencente a um grupo de Judeus residentes em Londres, com direito da exploração da madeira de pinho (Araucária) muito abundante na região. Com a imigração, novos moradores surgiram, o comércio passou a fazer parte do cenário que começou a se desenvolver economicamente. Em 1979, Vera Cruz se torna distrito de Campinas do Sul e alguns anos depois por volta de 1988, passa a ser chamado de Cruzaltense. Em 20 de setembro de 1987 numa comemoração cívica da semana farroupilha o Prefeito de Campinas do Sul na época o Sr. Leonir Antônio Bortulini lançou o desafio pela emancipação. Formou-se uma comissão composta por 11 membros.

Em abril de 1988 foi feito o plebiscito, com 272 votos favoráveis; cria-se então o município em 12 de maio de 1988. Em junho de 1988, uma comissão inconformada pela emancipação entrou com um mandato de segurança e conseguiu derrubar o decreto que criava o Município. Por volta do ano de 1992 uma nova comissão iniciou um movimento emancipacionista, mas não obteve sucesso. Valendo-se das condições legais, da vontade da comunidade e da ação decisiva das lideranças locais, em 1996 novas comissões retomaram a caminhada em busca da emancipação e conseguiram junto ao governo estadual, com êxito, um novo plebiscito. Por fim, conforme Lei nº 10.745 de 16 de abril de 1996, é criado o então município de Cruzaltense.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas