Publicidade

Esportes

Série de ações sociais integrarão disputa do Rally de Erechim para competidores da região

Por Asscom
Foto Edson Castro

Quando se iniciou a concepção do projeto Nova Itália RS Rally Team, se pensou além da competição. Disputar o Campeonato Brasileiro de Rali de Velocidade era um dos objetivos. Mas as ações, iriam e estão indo além das pistas.

Assim foi na primeira rodada dupla da temporada, em Estação, RS, no mês de abril, e assim será na segunda, em Erechim. A programação da corrida começa lá no dia 23, mas antes mesmo, a dupla da equipe Nova Itália RS Rally Team, do Automóvel Clube de Severiano de Almeida – Acsa –  (Cavaletti Cadeiras Profissionais/Cassul Distribuidora com financiamento da Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, por meio do Pró-esporte RS - Lei de Incentivo ao Esporte/ apoio de Lussani Terraplanagen e Lorenci), Evandro Carbonera e Juliano Gracioli, estarão envolvidos em uma série de ações sociais.

A primeira delas acontecerá na noite desta segunda-feira, dia 14. Será a palestra “Sonhar, o primeiro passo”, junto a estudantes do Senai, unidade de Erechim. Neste encontro, a meta é levar aos participantes, informações sobre planejamento, estimular jovens a organizar seus sonhos, ensinar técnicas de disciplina, trabalho em equipe, responsabilidade, entre outros.

No mesmo Senai, só que na quinta-feira, dia 18, estudantes do ensino técnico receberão o mini-curso “Meu Primeiro Carro”. Neste, os estudantes conhecerão noções básicas de mecânica automotiva.

Outra ação importante será o projeto de “Inclusão Total”, que acontecerá no dia 23, quando estudantes da Associação Aquarela Pró-Autista, irão conhecer os boxes das equipe, junto ao Parque de Apoio, do Rally de Erechim.

O projeto quer levar ações educativas e de entretenimento para as crianças e adultos com necessidades especiais. A intenção é fazer com que todos tenham acesso as mais diversas modalidades esportivas, incentivando a inclusão.

A prova de Erechim abre sua programação na próxima quarta, dia 23. No dia seguinte, tem reconhecimento das especiais e a famosa largada promocional, que costuma reunir muita gente na praça central da cidade. Na sexta, dia 25, além de treinos, também o primeiro dia de prova, com o super-prime noturno. E no sábado e domingo, dias 26 e 27, 12 especiais para apontar os vencedores do rali, que pontua também para os campeonatos Sul-americano e Gaúcho.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas