Publicidade

Ensino

Mais de 200 crianças recebem orientações de competidores de rali

Estudantes da Escola Haidée Tedesco Reali, em Erechim, tem encontro com a dupla Fábio Dall Agnol e Marcelo Dalmut

IMG_0008-2.jpg
IMG_0010.jpg
Por Asscom
Foto Edson Castro

Enquanto não é dada a largada para a segunda rodada dupla do Campeonato Gaúcho de Rali de Velocidade, que acontecerá em Erechim, na próxima semana, entre os dias 23 e 27, a equipe ACSA Rally Team (Erva-mate Cristalina/Posto de Molas Erechim, com financiamento da Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, por meio do Pró-esporte RS - Lei de Incentivo ao Esporte), da dupla Fábio Dall Agnol/Marcelo Dalmut vai tendo uma série de atividades fora das pistas.

Nesta terça-feira, a dupla esteve conversando com cerca de 210 estudantes, da escola Haidée Tedesco Reali, também de Erechim. A intenção foi de levar uma mensagem social aos estudantes de escolas públicas. Crianças de 5º a 7º anos, participaram da ação “Acelerar na Pista”.

A intenção é levar até aos estudantes a mensagem de que é preciso ter consciência que o automobilismo não se pratica nas ruas, e sim em locais adequados. “Nossa meta é fazer com que eles comecem a despertar desde cedo, para um trânsito melhor, mais seguro e humano. A prática saudável do automobilismo é a mensagem que queremos deixar em nossas palestras”, destaca Fábio Dall Agnol.

Marcelo Dalmut amplia que é importante repassar aos estudantes o conhecimento que a equipe tem sobre competição e trânsito seguro. “É fundamental que eles consigam levar daqui (sala de aula), uma mensagem de que precisamos ter o máximo de cuidados no trânsito”, frisa.

A professora Potira Costa Delazeri, também vice-diretora da escola, enfatizou que o conhecimento adquirido pelo estudantes foi importante. “Muitas duvidas fora dirimidas e certamente vão contribuir para termos uma atitude diferente no trânsito”, completou.

No próximo dia 24, a equipe ACSA Rally Team vai ir até a Apae, de Erechim. Lá a meta é mostrar que é preciso haver inclusão no esporte, não importa a modalidade. O projeto, “Inclusão Total”, quer levar ações educativas e de entretenimento para as crianças e adultos com necessidades especiais. A intenção é fazer com que todos tenham acesso as mais diversas modalidades esportivas, incentivando a inclusão.

Depois disso, a equipe disputa o Rally de Erechim. Na quinta, dia 24, haverá a famosa largada promocional, que costuma reunir muita gente na praça central da cidade. Na sexta, dia 25, além de treinos, também o primeiro dia de prova, com o super-prime noturno. E no sábado e domingo, dias 26 e 27, 12 especiais para apontar os vencedores do rali, que pontua também para os campeonatos Sul-americano e Brasileiro.

Publicidade

Blog dos Colunistas