Publicidade

Esportes

Grêmio vence e garante a lidrança no grupo 1 da Libertadores

Com gols de Ramiro e Jailson, o Tricolor venceu o time venezuelano por 2 a 1, no Monumental de Maturín

ramiro.jpg
Por Assessoria de Imprensa/Grêmio
Foto Lucas Uebel

No estádio Monumental de Maturín, na Venezuela, o Grêmio encarou na noite desta terça-feira (15), o Monagas, pelo seu quinto confronto na fase de grupos da Copa Libertadores da América. Com time misto, o Tricolor venceu o time venezuelano pelo placar de 2 a 1.

O jogo iniciou equilibrado, mas foi o Grêmio quem conseguiu dominar as ações e criar mais oportunidades. Nos minutos iniciais, Alisson quase marcou depois de receber um cruzamento de Madson. Logo na sequência, aos 10’, o atacante sentiu dores na posterior da coxa esquerda e teve que ser substituído por Maicosuel. Já com 31 minutos, em cobrança de falta, Cícero colocou a bola na trave, por pouco, não abriu o marcador.

Por outro lado, o Monagas também ameaçou com Romero, que obrigou Marcelo Grohe a fazer uma grande defesa, já na reta final da etapa incial.

No tempo complementar, a superioridade seguiu do Tricolor. Aos 23’,  em um chute de longa distância, de fora da área, Ramiro mandou no canto direito de Baroja, abrindo o placar. O time da casa respondeu em um lance de contra-ataque, quando Reyes acionou Cádiz próximo a risca da pequena área. O atacante recebeu e chutou a gol, mas nada passou por Marcelo Grohe, que fez mais uma grande defesa. Nos acréscimos, aos 46’, o Monagas chegou ao empate com um gol contra.

Mas nada estava perdido. Aos 47’, em um lance de ataque, Cícero recebeu um passe dentro da pequena área, fez o domínio no peito, quando foi derrubado por Trejo, ganhando um pênalti no último lance da partida. Na cobrança, Jailson mandou no canto direito de Baroja. Goleiro para um lado, bola para o outro; gol que decretou a vitória gremista, aos 51 minutos.  

Com o resultado, o Grêmio alcança a classificação para as oitavas de final da Copa Libertadores da América e segue na primeira colocação do grupo 1, com 11 pontos. Atrás está o Cerro Porteño, com 10.

Publicidade

Blog dos Colunistas