Publicidade

Erechim

Programa Castelinho oferece variedade de atividades extras

Por Assessoria de Imprensa
Foto Arquivo/BD

Neste ano letivo de 2018 o governo municipal, por meio da Secretaria Municipal de Educação, vem desenvolvendo o Programa de Educação Integral Castelinho. Atividades ofertadas aos estudantes no turno regular e também no turno contrário, possibilitam diversas oportunidades de aprendizagem tanto no ambiente escolar quanto em outros espaços.

Na Educação Infantil, todos os estudantes matriculados em escolas públicas municipais realizam pelo menos uma atividade do Programa. Durante o turno regular de aula participam de oficinas de dança, língua inglesa (Pré B) e teatro. Com os estudantes do Ensino Fundamental as atividades acontecem nos turnos regular e contrário. Língua inglesa é ofertada aos estudantes de 1º a 5º ano no turno regular, uma vez que esta disciplina não faz parte da grade curricular dos referidos anos. Também está sendo desenvolvida a atividade de língua brasileira de sinais (Libras), como projeto piloto em uma escola municipal.

Já no turno contrário, os estudantes de 1º a 9º ano têm a oportunidade de participar de uma grande variedade de atividades. É possível escolher entre basquete, banda escolar, canto coral, ballet, dança e expressão corporal, futebol sete, dança gaúcha, futsal, handebol, horta escolar, jazz, karatê, teatro, voleibol, práticas de laboratório e reforço escolar. Ainda, as que são desenvolvidas com parceiros: Programa "Esporte para a vida" em parceria com o SESI, Programa "Integração AABB Comunidade" com o Banco do Brasil e Orquestra juntamente com a Orquestra de Concertos de Erechim.

O Programa de Educação Integral Castelinho foi criado com o objetivo de promover oportunidades de aprendizagem diferentes daquelas encontradas no currículo regular e influenciar de forma positiva o processo de desenvolvimento dos estudantes de todas as faixas etárias. Atualmente, cerca de 1.550 estudantes do ensino fundamental realizam atividades no contra turno escolar tendo a possibilidade de aderir às atividades que mais se identificam.

As escolas disponibilizam almoço para cerca de 600 estudantes que optaram por permanecer na escola durante o intervalo entre os turnos. Este número poderá aumentar conforme a organização das atividades em cada escola, visto que o processo está em andamento. Além disso, o poder público municipal também disponibiliza transporte para as atividades realizadas em espaços fora da escola. A oportunidade de frequentar lugares diferentes e conviver com a comunidade é importante para garantir experiências múltiplas e não padronizadas de aprendizagem. Atualmente, cerca de 730 estudantes realizam atividades fora da escola e são transportados por meio de 62 saídas semanais do transporte escolar.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas