Publicidade

Região

Cruzaltense reativa britador e anuncia usina de asfalto

Por Assessoria de Imprensa
Foto Divulgação

Até o final do mês de junho entra em funcionamento o novo britador do município.  Para ser reativado, o equipamento passou por revisão, os motores que eram movidos a óleo diesel foram transformados em motores elétricos e está sendo instalado o sistema de peneiras. Para viabilizar a reativação do britador, o Governo Municipal intermediou a instalação de uma rede trifásica no local, garantido a força necessária. O prefeito,  Kely José Longo, calcula que, com as melhorias, o britador poderá produzir pó de brita, pedriscos e todos os tipos de  brita necessários.  O prefeito anuncia, também, que o segundo passo é começar a fabricação de paver. “Já compramos todas as formas e com o trabalho dos funcionários da prefeitura teremos autonomia para produzir o nosso próprio paver, que num primeiro momento será utilizado para a padronização dos passeios da cidade”, disse. Longo anunciou também a compra de uma usina asfáltica. “Este é o projeto, estar com a Usina Asfáltica em funcionamento ainda em 2018. Isso nos dará autonomia e vai proporcionar economia ao município”. 

Asfalto por conta própria:

O prefeito também reafirmou o desejo de assumir o asfaltamento da ligação de Cruzaltense com Campinas do Sul. “Já fizemos várias reuniões com o DAER, o Governo do Estado e até mesmo com a Sultepa, a empresa licitada para fazer a obra, e estamos buscando um entendimento para que esta melhoria seja realizada”, afirmou acrescentando que “o município tem a vontade de fazer, tem as maquinas, a pedreira que é licenciada e terá a Usina Asfáltica. Sabemos que esta obra não é um dever do município, mas estamos tentando viabilizar, para que o município seja beneficiado atraindo investimentos para a geração de empregos em Cruzaltense”. Segundo o prefeito, existem tratativas para uma indústria se instalar no município, mas a decisão depende da ligação asfáltica. A comunidade de Cruzaltense e de Entre Rios do Sul espera pelo asfaltamento da RS 483 há mais de 20 anos. O asfaltamento é de responsabilidade do Governo do Estado e neste período foram feitas vários tentativas por diferentes governos, mas o projeto nunca saiu do papel.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas