Publicidade

Esportes

Diretoria do Ypiranga reafirma confiança em Márcio Nunes

Adilson Luis Stankiewicz admitiu que pode haver mudanças no elenco

marcio.JPG
Por Kaliandra Alves Dias
Foto Kaliandra Alves Dias

Apesar do fracasso na Divisão de Acesso e da oitava colocação na Série C, a direção do Ypiranga pretende manter o técnico Márcio Nunes. De acordo com o presidente Adilson Luis Stankiewicz, uma reunião foi realizada na tarde de ontem (11) no estádio Colosso da Lagoa, e contou com a presença da diretoria e comissão técnica.

Em contato com a reportagem do Bom Dia, Adilson também admitiu que poderá haver mudanças no elenco, além da contratação de novos reforços, também existe a possibilidade de dispensar atletas do atual plantel. No primeiro semestre como presidente do clube, Stankiewicz salienta o trabalho que vem sendo realizado pelo treinador. "Todos realizaram uma boa campanha. Confiamos no trabalho do Márcio, ele fez um excelente trabalho com o grupo. Chegamos à semifinal da Divisão de Acesso".

O ponto de vista da diretoria, também se assemelha ao pensamento do treinador. Sobre a derrota por 4 a 1 diante do Tupi, Márcio salienta que os os jogadores estavam abalados psicologicamente, devido ao fato de não garantirem vaga à elite do futebol gaúcho. "Foram mais de 16 horas de viagem até Juiz de Fora, os jogadores ficaram duas noites sem dormir por causa das viagens. Não tivemos o sucesso esperado no Acesso, mas com uma folha enxuta conseguimos jogar duas competições e vemos que o time tem padrão e trabalho", finaliza o treinador.
As lesões e os desgastes físicos estão perto do fim. Com o término da maratona de duas competições, os jogadores que estavam no departamento médico começam a ser liberados e voltam a integrar o plantel. E com os jogos da Série C sendo realizado apenas nos finais de semana, os atletas irão se recuperar das dores musculares causadas pelo excesso de jogos.

A reabilitação diante do Joinville

No sábado (16), o Ypiranga terá um confronto direto com o Joinville, lanterna do grupo B da Série C. De acordo com Adílson, este será um duelo de seis jogos. "Um resultado positivo nos distancia da zona do rebaixamento. Teremos cinco jogos em Erechim, onde vamos buscar a classificação e bons resultados. Continua tudo embolado, nada está definido". 

Publicidade

Blog dos Colunistas