Publicidade

Região

Agroindústria de Jacutinga é beneficiada com equipamentos

Por Assessoria de Imprensa
Foto Divulgação

Uma solenidade marcou a entrega oficial de equipamentos à agroindústria de Embutidos Jacutinga, localizada na Linha União, no município, na última segunda-feira (11). A família de Jair Rauch adquiriu os equipamentos com recursos de R$ 10 mil oriundos do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento dos Pequenos Estabelecimentos Rurais (Feaper), vinculado à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR).

Através desta política pública, a família adquiriu um moedor de carne elétrico, um tacho de inox com capacidade de 250 litros, uma serpentina tubular para aquecimento de água, uma caixa para água inox com capacidade de 200 litros e uma mesa inox para preparo de alimentos. O projeto foi elaborado pela equipe do escritório municipal de Emater/RS-Ascar de Jacutinga, integrada por Darci de Ré, Derli Dalastra, Mari Tania Trevizol Spazzini e Marlene de Aguiar Fistarol.

O ato contou com a presença do prefeito Carlos Alberto Bordin, da vice-prefeita Salete Luft, do presidente da Câmara de Vereadores, Marcio Sommer, dos secretários da Saúde, Valdirene Foleto, e da Agricultura, Ariel Nava, do gerente do Escritório Regional da Emater/RS-Ascar de Erechim, Gilberto Tonello, e do adjunto Marcos Gobb, além da supervisora Fernanda Tacca Angonese.

Também estiveram presentes a médica veterinária Monique Falleiro, responsável pelo Sistema de Inspeção Municipal (SIM) em Jacutinga, representantes do Sicredi, do Sutraf, da Cresol, da cooperativa Santa Clara, além dos vereadores Ronaldo Bordin e Darci De Ré, entre outras lideranças.

 Jair Rauch, juntamente com a esposa Diva, agradeceu a prefeitura e a Emater/RS-Ascar, em nome da família. O prefeito parabenizou a família, destacando a sua coragem em acreditar no empreendimento, e agradeceu a parceria da Emater/RS-Ascar. “Temos compromisso com o setor primário. E queremos estimular a permanência das famílias no campo”.  O prefeito solicitou a SDR que os recursos do Feaper fossem aplicados na agroindústria.

O gerente regional da Emater também cumprimentou a família pela coragem de tocar adiante um empreendimento e desejou sucesso. Tonello agradeceu ainda a equipe do Escritório Municipal. Também destacou o Feaper de extrema importância para “alavancar a propriedade”, sendo que 80% dos recursos provindos desta política pública são subsidiados pelo Governo.

Presidente da Câmara de Vereadores parabeniza a família

O casal e mais três membros da família conduzem as atividades da agroindústria. De acordo com a engenheira agrônoma Jocilene dos Santos, de 24 anos, a agroindústria Jacutinga processa de quatro a cinco carcaças por semana, com produção de 550 quilos semanais de embutidos: salame, linguiça, torresmo, morcilha, cortes de carne, entre outros produtos. A agroindústria atende mercados do município e está cadastrada no Programa Estadual de Agroindústria Familiar (Peaf), que permitirá obter o Selo Sabor Gaúcho. A família é beneficiária do Plano Socioassistencial e do Programa de Gestão Sustentável, ambos executados pela Emater/RS-Ascar.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas