Publicidade

Geral

Setores do governo se mobilizam para auxílio imediato a vítimas de temporais no Estado

Secretários se reuniram com o governador José Ivo Sartori, no início da tarde de terça-feira (12)

sartori.jpg
Por Assessoria de Imprensa
Foto Divulgação

Ao reunir secretários, no início da tarde de terça-feira (12), para avaliar os efeitos dos temporais que atingiram o Rio Grande do Sul e reforçar ações em atendimento às comunidades, o governador José Ivo Sartori enfatizou que o momento é de solidariedade. Afirmou também que,  mais do que nunca, há necessidade de fortalecer as doações para a Campanha do Agasalho e a vacinação.

"É uma situação de emergência, e a Defesa Civil se organizou ainda na segunda-feira para atender imediatamente a todos os municípios, com fornecimento de lonas e cestas básicas. Mesmo com os alertas antes dos eventos, segue o monitoramento em decorrência de queda nas temperaturas nos próximos dias”, disse Sartori. O governador também prestou solidariedade aos atingidos e aos familiares das vítimas fatais. 

O socorro aos municípios atingidos ocorreu de forma articulada e integrada entre todas as secretarias estaduais, com esforços para reduzir os prejuízos e situações mais graves. Segundo o coronel Alexandre Martins, coordenador da Defesa Civil Estadual, foram emitidos alertas a praticamente todo o Rio Grande do Sul. As ocorrências, diversas com granizo e vendavais culminaram com residências destruídas e a variação brusca de temperatura.

 “Nessa primeira fase, a prioridade é a vida das pessoas. Já tínhamos mobilizado o atendimento humanitário, com lonas nas regiões mais atingidas e o remanejamento de outras regiões,  sempre com agilidade. Estamos com estoques baixos de alimentos e roupas. Por isso, nosso apelo à população para doações à Campanha do Agasalho”, frisou o coronel Martins.

A reunião ocorreu no Gabinete do Governador no Palácio Piratini, com a participação dos secretários da Educação, Ronald Krummenauer; da Saúde, Francisco Paz; do Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, Maria Helena Sartori; da Comunicação, Isara Marques; e do secretário adjunto da Segurança Pública, Everton Oltramari.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas