Publicidade

Saúde

Secretaria de Saúde faz último chamado aos grupos prioritários

Por Assessoria de Imprensa
Foto Divulgação

A Secretaria de Saúde alerta os grupos prioritários que o Ministério da Saúde e Secretaria Estadual de Saúde (SES), além de prorrogar a campanha de imunização até o dia 15 de junho, ampliou também algumas faixas etárias.

No grupo das crianças a faixa foi ampliada até 9 anos (antes era 5 anos), no sentido de ampliar a cobertura vacinal. Também a SES abriu a possibilidade de vacinação para o grupo de 50 a 59 anos, a partir de 11 de junho.

“Os indicadores de Erechim estão abaixo do preconizado, para alguns grupos, que era de vacinar 90 % dos grupos prioritários. O índice está próximo, atingindo o quantitativo de 82,70%. O último indicador apontava 75.72%, portanto houve um avanço. Alguns grupos prioritários deram uma resposta positiva enquanto outros ficaram um tanto aquém do estabelecido”, pontua o secretário municipal de Saúde, Jackson Arpini.

Números:

Crianças – 52,09%

Gestantes – 54.79%

Puérperas – 93.25%

Trabalhadores de Saúde – 89.91%

Professores – 80.02%

Idosos – 96.26%

Indígenas – 147.83%

Arpini garante que os indicadores estão próximos de serem atingidos, o que demonstra que houve uma procura por parte dos grupos considerados prioritários. “Acreditamos que possamos ampliar esses indicadores nos últimos dias da campanha. Fica o chamamento à comunidade para que procure as unidades básicas de saúde para realizarem a sua imunização, uma importante medida de prevenção, de modo especial, crianças e gestantes”, garante.  

No sentido de evitar o aparecimento da gripe foi lançado essa semana, numa parceria de várias entidades, a campanha de promoção e prevenção intitulada Atchim Erechim.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas