Publicidade

Política

Legislativo homenageia a Sociedade Bíblica do Brasil

Câmara de Vereadores entregou a entidade a Comenda Boa Vista do Erechim, na última segunda-feira (2)

Sessão solene homenageia sociedade bíblica
Por Assessoria de Imprensa
Foto Divulgação

Uma importante organização religiosa recebeu merecidas congratulações do poder Legislativo erechinense na última segunda-feira (2). Conhecida por sua promoção e divulgação da Bíblia e sua mensagem, a Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) completou 70 anos no dia 10 de junho, e, em virtude desta passagem, bem como pelo trabalho exitoso realizado ao longo de sete décadas, a SBB, representada pelo pastor e seu promotor institucional Mario Paiva, recebeu a Comenda Boa Vista do Erechim – centenário das mãos do presidente da Câmara Rafael Ayub (MDB), do vereador autor da homenagem, Flavinho Barcellos (PDT) e da secretária da Cidadania Linir Zanella, que representou o poder Executivo.

Fundada em 1948, no Rio de Janeiro, a SBB se constituiu a partir de uma reunião das igrejas cristãs do país, que necessitavam, para pregação da palavra de Deus, de bíblias em português. Em vista disso, resolveram fundar uma instituição que se dedicasse a imprimi-las, e, desde então, continuam sua jornada sempre honrando o lema “dar a Bíblia à pátria”. Em seu discurso, o parlamentar proponente da congratulação exaltou não somente a entidade homenageada, mas a própria Bíblia. “As estatísticas revelam que, por mais interessante que seja um livro, a sua eficácia não ultrapassa um quarto de século. A Bíblia, no entanto, não é um livro qualquer. Dados de 2017 mostram que ela é o livro mais traduzido, mais publicado, mais lido e mais influente no mundo”, destacou.

Flavinho também fez questão de elogiar a postura e as inúmeras atividades promovidas pela Sociedade Bíblica do Brasil, como assistência espiritual e social a ribeirinhos na Amazônia, além de trabalhos voltados a estudantes, índios, presidiários, enfermos e pessoas com deficiência visual. “A SBB é uma organização cristã sem fins lucrativos, que, pela disseminação da Bíblia Sagrada, busca promover o desenvolvimento integral do ser humano. Incentivo vocês a continuarem facilitando a missão de levar a palavra salvadora de Jesus Cristo a todos”, afirmou o vereador.

Em nome da SBB, Mario Paiva entregou à Casa Legislativa um exemplar da Bíblia Sagrada, e, emocionado, agradeceu a homenagem. “Tive que segurar as lágrimas diante do que foi apresentado aqui. Nosso trabalho é norteado por um lema que nos acompanha há muitos anos, que é ‘semear a palavra que transforma vidas’. A Bíblia não é simplesmente um livro religioso, a Bíblia é um livro da história, que trata do início de todas as coisas, fala dos dramas familiares, de ciência, ecologia, ela dignifica o ser humano”, afirmou o pastor.

A sessão especial contou, ainda, com apresentação musical e a leitura de um trecho da Bíblia Sagrada em braile, realizada pelo presidente da Associação dos Deficientes Visuais de Erechim (Adeve), Marcos Antônio Pumis.

Publicidade

Blog dos Colunistas