Publicidade

Cultura

Lançado concurso cultural da Semana da Pátria

Estudantes poderão inscrever trabalhos norteados pelo tema “Erechim – 100 anos de história, educação e civismo”

Lançamento foi na Secretaria Municipal de Educação
Por Najaska Martins - najaska@jornalbomdia.com.br
Foto Najaska Martins

Estudantes poderão inscrever trabalhos norteados pelo tema “Erechim – 100 anos de história, educação e civismo”

Norteado pelo tema “Erechim – 100 anos de história, educação e civismo” foi lançado ontem (3), pela Liga da Defesa Nacional (LDN), o concurso cultural da Semana da Pátria deste ano. A iniciativa é voltada a alunos do pré-B ao terceiro ano do ensino fundamental de escolas públicas e particulares, que poderão inscrever trabalhos nas modalidades de desenho e acróstico. O lançamento ocorreu na Secretaria Municipal de Educação, ocasião em que também foi apresentado o homenageado deste ano das atividades, o professor Adelino de Almeida Lara. Participaram do evento professores e diretores de instituições de ensino.

O presidente do Núcleo de Erechim da LDN, Claudio Madalozzo, explicou a escolha do tema que regerá as atividades deste ano, pedindo envolvimento e comprometimento aos professores, no sentido de sensibilizar os estudantes sobre a importância do trabalho com as questões relacionadas à história, à educação e ao civismo. Estas questões foram reforçadas pela secretária municipal de Educação, Vanir Clara Bernardi Bombardelli, que pontou ainda sobre a necessidade de tais temas não serem trabalhados somente nestas datas, mas durante todo o ano. “É nosso dever enquanto educadores, mas também é um dever da sociedade como um todo de fazermos a nossa parte enquanto cidadãos, de defendermos e amarmos nossa Pátria”, resumiu.

Em seguida o homenageado deste ano, professor Adelino de Almeida Lara, conhecido carinhosamente por “professor Tito”, agradeceu pela escolha de seu nome pela LDN e relembrou sua trajetória na educação. Falou das épocas difíceis que marcaram a profissão, especialmente pelas dificuldades relacionadas às distâncias e falta de recursos, mas destacou a importância de não se perder a esperança no papel de educar. “Não desacorçoem. Ser professor não é só profissão, mas também vocação para deixar um legado. Temos em nossas mãos o futuro da nação, lidamos com pessoas, com crianças que amanhã darão continuidade ao mundo. Não podemos perder nossa esperança de educar e formar pessoas”, enfatizou.

Regulamento do concurso

Poderão se inscrever no concurso estudantes da rede pública e particular de ensino, do pré B (cinco anos) até o 3º ano do ensino fundamental. Até o 2º ano o concurso prevê trabalhos em desenho. Já alunos do terceiro ano deverão inscrever trabalhos no formato de acróstico. Cada escola poderá inscrever até 10 trabalhos por modalidade, sendo que estes devem ser baseados na temática “Erechim – 100 anos de História, Educação e Civismo” e no homenageado, professor Adelino de Almeida Lara. O prazo para inscrições será de 1º a 6 de agosto e a entrega deverá ser feita de 7 a 8 de agosto. A comissão julgadora escolherá os três melhores trabalhos de cada modalidade e os classificados de 4º a 6º lugar de cada modalidade receberão menções honrosas. A premiação será no dia 1º de setembro, na abertura da Semana da Pátria, na Praça da Bandeira.

Publicidade

Blog dos Colunistas