Publicidade

Ensino

Aratiba é o município mais desenvolvido em educação no RS

Campinas do Sul também figura entre os 10 melhores colocados no Estado no índice Firjan

Aratiba é o município que está em primeiro lugar no ranking estadual de educação
Por Najaska Martins - najaska@jornalbomdia.com.br
Foto Najaska Martins

Campinas do Sul também figura entre os 10 melhores colocados no Estado no índice Firjan

O município de Aratiba é o mais desenvolvido em educação no Rio Grande do Sul e 18º no Brasil segundo o Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM). O levantamento foi divulgado na última semana e aponta ainda Campinas do Sul na quarta posição no ranking estadual. O estudo desta área tem como base estatísticas públicas oficiais disponibilizadas pelo Ministérios da Educação.

O índice da cidade que ocupa o topo do ranking estadual na educação é de 0,9985 e está acima da média dos demais municípios gaúchos, que é de 0,8145. Vale lembrar que o estudo tem 2016 como ano base e, segundo o levantamento, índices superiores a 0,8 são considerados de alto desenvolvimento, enquanto resultados entre 0,6 e 0,8 se encaixam em desenvolvimento moderado. Na região, além de Aratiba e Campinas do Sul destacam-se ainda os municípios de São Valentim, Quatro Irmãos e Erechim, todos com índices acima de 0,9. Logo na sequência outras 20 cidades do Alto Uruguai e Norte gaúcho garantiram resultados acima de 0,8, enquanto outras 13 ficaram dentro do patamar de desenvolvimento regular, com índices entre 0,6 e 0,7. Apenas um município da região não teve dados disponíveis para o ranking.

 

Motivos dos resultados e estratégias para manter índices positivos

Aratiba

Segundo o prefeito de Aratiba, Guilherme Granzotto, entre os motivos para o município ocupar o primeiro lugar em educação no Estado está a qualificação dos profissionais envolvidos. “Acredito que o fato de termos professores qualificados atuando na educação é fundamental para que se possa desenvolver com os alunos um trabalho positivo e que traga resultados tão positivos como os alcançados neste índice”, explicou.

Ainda neste sentido, o prefeito salienta a questão dos espaços onde são realizadas as atividades da educação, em especial da escola municipal, tida como modelo para o Estado. “Há um forte investimento no sentido de promover um espaço adequado para que a educação aconteça, oferecendo boas condições para o desenvolvimento das atividades. Sem dúvidas o contexto escolar é fundamental para que se alcance bons índices”, pontuou, ao destacar que ações positivas serão mantidas com o intuito de manter bons resultados. Granzotto salientou ainda que os desafios para os próximos anos na educação em Aratiba se referem ao fomento da inclusão nas atividades pedagógicas. “Temos nossos esforços voltados à promover a inclusão por entendermos que esta é uma das áreas que precisa de uma atenção especial”, completou”.

Campinas do Sul

Já em Campinas do Sul, que ocupa a 4ª posição no ranking estadual de educação no Índice Firjan, a explicação para o bom resultado, segundo o prefeito Neri Montepó, está no “engajamento de todos os membros da comunidade escolar, com profissionais motivados demonstrando amor nas atividades que são desafiadas”. Segundo ele, para manter os índices de destaque na área, a Secretaria Municipal de Educação atua com foco ma formação continuada dos professores, além de outras iniciativas. Ele cita ainda a parceria com instituições educacionais, os projetos desenvolvidos nas escolas, o tempo integral oferecido do 1º ao 5º ano do ensino fundamental onde são desenvolvidas atividades de reforço escolar juntamente com oficinas. Esses fatores, segundo ele, “favorecem o planejamento das aulas e a participação da família, juntamente com o comprometimento dos educadores é que faz toda a diferença”.

Para manter os índices positivos para o município ele cita desafios que vão desde transporte Escolar, passando por recursos humanos até a aprendizagem dos alunos. “A qualidade não é vista apenas nos resultados, mas nos processos, na convivência e no clima da escola.  Como você aprende é tanto ou mais importante do que quanto ou o que você aprende. Os alunos que são felizes em estar na escola são indicadores importantes para a qualidade da educação”, pontua Montepó.

São Valentim

No município de São Valentim, conforme o secretário municipal de Educação, Arnaldo Roberto Putrick, a colocação entre os 30 melhores em educação no Estado são fruto, segundo ele, de fatores como investimento público na área, qualificação profissional dos envolvidos e boa gestão. “Com certeza não se pode deixar de destacar neste contexto o comprometimento de toda a equipe envolvida com a educação, pois quando se atinge um resultado expressivo como este em uma área, isto é resultado de um trabalho conjunto”, ressalta, ao citar que o município faz parte de diversos programas ligados à educação. Neste sentido, ele adianta que o objetivo para manter os índices é seguir com as boas ações desenvolvidas no município. 

 

 

Quatro Irmãos

No município de Quatro Irmãos, quarto colocado na região em educação e 35º no Estado, os fatores apontados como fundamentais para os resultados, conforme o chefe de gabinete, Aljocir Quadros, são ligados aos investimentos na área e à formação dos profissionais. “Já viemos há algum tempo trabalhando no sentido de oferecer condições favoráveis à educação no município, que é tratada como área prioritária. É por isso que atuamos com a estratégia de seguir priorizando essa área com aumento de investimentos, na formação dos profissionais, com o turno integral na rede municipal e também com programas e oficinas que visem melhorar o desempenho em indicadores como o Ideb. Investir em estrutura física, transporte escolar, em materiais didáticos e alimentação escolar também estão entre os focos do município para melhorar ainda mais os indicadores”, completa.

Publicidade

Blog dos Colunistas