Euro R$ 3,85 Dólar R$ 3,26

Publicidade

Política

Vereador eleito Mário Rossi é cassado

Por Paola Seibt - paola@jornalbomdia.com.br
Foto Arquivo BD

A Justiça Eleitoral de Erechim julgou procedente o pedido de aplicação de multa e cassação de registro do vereador eleito em 2016 pelo PMDB, Mário Rossi. A solicitação foi realizada coligação ‘Erechim 100 anos de nossa história’, da qual integram o PP/PR/PMN/PSDB/PDT/PRB/PMB/SD/PTdoB, encabeçada pelo prefeito eleito Luiz Francisco Schmidt.  

Conforme o documento, a motivação para a decisão do juiz da 20ª Zona Eleitoral, Juliano Rossi, é a captação ilícita de sufrágio, ou seja, compra de votos. Em resumo, Rossi teria custeado um almoço para funcionários da empresa Tucano Obras e Serviços Ambientais Ltda. no dia 20 de setembro. Cabe recurso da decisão. 

A decisão foi publicada na manhã de hoje (7) no portal do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RS).

Acompanhe mais informações na edição impressa e no nosso site. 

Leia também

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas