19°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Saúde

Corrida

O que comer antes, durante e após a corrida?

Por Blog Viva +

Comer refeições nutritivas é essencial para conquistar um bom rendimento na corrida. Hoje, vamos falar dos alimentos que podem contribuir para que você tenha um melhor desempenho.

Por ser uma atividade de alta intensidade, a corrida demanda energia e, consequentemente, alimentos que tenham uma quantidade significativa de carboidratos ao mesmo tempo que sejam leves. Afinal, não me parece ser uma boa pedida comer comidas que empanzinam o estômago antes de se exercitar.

Alimentos

O famoso “macarrão pré-prova” é uma das melhores escolhas para o jantar de quem vai correr no dia seguinte. Com a ingestão desse tipo de alimento, abastecemos nossas reservas de carboidratos e glicogênio para ter energia suficiente para manter o ritmo.

Logo cedo, antes da corrida, a ingestão de aveia é interessante. Rica em fibras e carboidratos, a aveia garante saciedade por mais tempo. Como tem baixo índice glicêmico, esse cereal não gera picos de açúcar no sangue, o que evita a fadiga. Outra opção para a manhã é a banana, uma fruta que, além dos carboidratos, fornece uma boa dose de potássio, mineral fundamental para o bom funcionamento do corpo, pois influencia diretamente o sistema nervoso, muscular, cardíaco e, até o equilíbrio de pH no sangue, sendo assim elemento importante em corridas de longa distância. O potássio também ajuda em dias quentes, compensando a perda de minerais importantes por meio do suor.

Para evitar o risco de lesões, você pode incluir em seu café da manhã um pouco de pasta de amendoim, ela fortalece o sistema imunológico e acelera a recuperação, diminuindo o risco de lesões.

Pós-treino

Para a recuperação pós-treino, as batatas são uma boa opção. Misture-as com frango, carne ou salmão e saboreie uma refeição rica em macronutrientes. Inclua também a beterraba e o brócolis, eles podem ajudar a aliviar a dor muscular. O legume roxo ainda pode fortalecer o sistema imunológico, enquanto as arvorezinhas verdes também são boas fontes de cálcio, ácido fólico e vitamina K, ideais para fortalecer os ossos.

Se ainda quiser acelerar o processo de recuperação, durante algum lanche aproveite para saborear um iogurte natural. Uma combinação perfeita de carboidratos e proteínas. Comer um iogurte logo depois de uma corrida pode proteger os músculos, os ossos e contribuir para a recuperação do corpo após a corrida.

--------------------------------

CUIDADO COORDENADO

Como fazer o planejamento de cuidado da saúde?

Aumentar o bem-estar, reduzir o estresse, controlar a pressão arterial, cuidar da saúde bucal, a glicemia e acompanhar o funcionamento do coração podem prevenir inúmeras doenças

Blog Viva +

 

O avanço da medicina e da ciência nos possibilitou fazer um melhor planejamento de cuidado da saúde e, com isso, ter uma maior expectativa de vida. Hoje, uma pessoa com 38 anos pode pensar que está ainda na metade da vida, uma vez que a média de anos vividos pelos brasileiros é 76,8 anos.

Evidentemente que esse número é um ponto de equilíbrio das idades mais frequentes entre os idosos em nosso país, e não um prenúncio de quantos anos cada pessoa viverá.Sabemos que a morte depende de fatores que não estão no nosso controle. Porém, hoje vamos falar sobre aquilo que está em nosso alcance fazer para aumentar a longevidade.

Bem-Estar

O cuidado com a saúde está no centro dessas ações possíveis. Aumentar o bem-estar, reduzir o estresse, controlar a pressão arterial, cuidar da saúde bucal, a glicemia e acompanhar o funcionamento do coração podem prevenir inúmeras doenças. Todavia, é importante lembrar que somos indivíduos singulares e nossos corpos também funcionam de modo diferente uns dos outros, assim o planejamento de cuidado da saúde é específico para cada um.

Por isso, a importância de um cuidado personalizado para as demandas de saúde de cada pessoa. Você deve estar se perguntando, então como fazer o planejamento de saúde se não há uma regra única para todos?

Plano para planejamento de saúde

É, neste momento, que contar com um plano de saúde de qualidade faz a diferença. Essa vantagem é evidenciada no modelo de atenção integral à saúde. Conhecendo bem seus pacientes, o profissional consegue dar a melhor orientação sobre quais exames realizar, por exemplo, e com isso, fazer o planejamento de cuidado ideal.

Quando pensamos na abordagem centrada na pessoa, o planejamento da saúde também é individualizado. Depende do contexto, da idade e do histórico de saúde de cada um, o profissional de referência vai elaborar um plano singular de cuidado, dentro da singularidade daquela pessoa. O médico de referência vai orientar, quando necessário, o paciente a fazer algum exame de controle, de rastreio e até mesmo investigação se há alguma complicação de alguma doença.

Se deseja cuidar mais de sua saúde, não perca tempo! Você e sua família com certeza terão mais bem-estar e qualidade de vida.