0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Beleza Feminina

A receita para o bronzeado perfeito

A receita para o bronzeado perfeito

Por Assessoria de Imprensa
Foto Freepik

Dos cuidados dermatológicos à alimentação, aproveitar o efeito do sol exige dedicação

Férias é sinônimo de sol, praia e piscina: o cenário perfeito para quem, além de descansar, está em busca de melhorar o bronzeado. Mas além de tomar alguns cuidados básicos para a exposição ao sol, as pessoas que querem ficar com a pele bronzeada podem ter na ingestão de determinados alimentos, que contenham vitamina A e betacaroteno, um grande aliado.

 A nutricionista Natalia Dourado, da Sanavita, explica que o pigmento betacaroteno pode ser encontrado em alimentos com cores alaranjadas, amarelas e vermelhas, como cenoura, beterraba, abóbora, mamão, manga e pêssego. “O pigmento auxilia na proteção e no bronzeamento natural da pele. Consumindo esses alimentos diariamente o organismo transforma o betacaroteno em vitamina A, que age diretamente no corpo prevenindo o envelhecimento precoce, dificuldades com a visão e câncer de pele”, enfatiza.

 A ingestão frequente desses alimentos ativa a melanina, pigmento que dá cor à pele, favorecendo a tão almejada cor de verão. “Existem inúmeras opções de receitas com esses alimentos e a recomendação é que sejam consumidas dentro das 5 porções de frutas, verduras e legumes recomendação diária destes ingredientes”, indica Natalia.

A nutricionista lembra que além de alimentos ricos em betacaroteno, outros tipos de cuidados são necessários para aproveitar o verão da melhor maneira, como beber bastante água, sucos naturais, água de coco e frutas ricas em água como melancia, melão, entre outras, para se hidratar.

Pele exige cuidados especiais

O atual período é ideal para pegar um bronze e ficar com a pele dourada. Mas atenção: é preciso se bronzear com segurança, tomando os devidos cuidados para não danificar a pele e colocar a saúde em risco.

O mantra é antigo, mas vale repetir: o primeiro ingrediente do bronzeado perfeito é tomar sol nas horas corretas e com protetor solar. Segundo Dr. Daniel Dziabas, dermatologista consultor da Netfarma, os melhores horários para se expor aos raios solares são até às 10 horas e após às 16 horas. “E nunca o uso do protetor solar é dispensável. É um erro pensar que não se deve usá-lo nesses períodos em que o sol é mais brando”, alerta o especialista.

Mesmo com o bloqueador solar é possível ficar com a pele bronzeada e, de quebra, fazer com que a cor se mantenha por mais tempo, já que essa proteção evita a descamação que normalmente ocorre quando a pele é agredida pelos raios ultravioletas.

Outra forma de preparar a pele para que o bronzeado seja mais bonito e dure mais é tomar cuidado com a alimentação e hidratação, pois esses fatores garantem que o bronze permaneça por mais tempo, sem perder o brilho ou a tonalidade. “Sem esses cuidados, a pele vai desbotando, ficando opaca e, o bronzeado, que poderia durar até um mês, vai embora rapidinho”, conta Dziabas. Portanto, água, água de coco e sucos nutritivos são as melhores companhias para uma manhã dedicada ao sol.

Os cuidados pós-sol também são importantes: beber muita água e hidratar a pele com cremes específicos faz com que o bronze se prolongue e deixa a pele aveludada e saudável.

Leia também