22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,37 Dólar R$ 3,84
22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,37 Dólar R$ 3,84

Publicidade

Roda Motor

Manutenção dos amortecedores exige atenção dos motoristas

Quando devo trocar os amortecedores do meu carro?

Por Assessoria de imprensa
Foto Divulgação

Quando devo trocar os amortecedores do meu carro?

O amortecedor não serve só para oferecer mais conforto enquanto dirige, mas representa também uma garantia na segurança, pois ajuda a controlar o veículo, principalmente em velocidades mais altas e em situações de risco. Na realidade, é considerado um dos três elementos essenciais do “Triângulo da segurança”, junto com os pneus e os freios.

Aquaplanagem

Da mesma forma, a aquaplanagem, que é a falta de aderência ao asfalto em condições de chuva ou terreno úmido, pode ser corrigida pois evita-se a formação de uma fina camada de água entre o pneu e a estrada.

Balanço e deslocamento lateral

As curvas e as viragens bruscas também são situações onde deve contar com amortecedores em perfeito estado de manutenção, pois contribuem com maior segurança. Em situações críticas é fundamental manter o controle do veículo e assegurar a aderência ao asfalto. O balanço, o deslocamento lateral e a perda de controle do veículo são efeitos que podem ser corrigidos facilmente se os amortecedores estiverem em perfeitas condições.

Vibração do volante

Como os amortecedores são responsáveis por uma boa fixação na estrada, se eles estão defeituosos produzem um vaivém constante do volante, pois as rodas ricocheteiam o tempo todo podendo inclusive “descolar” da estrada. Nesses casos, o veículo comporta-se de maneira imprecisa e instável. Igualmente, amortecedores desgastados produzem deterioração dos outros elementos da suspensão (mola e barra estabilizadora) e rótulas.

Erros nos sistemas de segurança

Atualmente, o uso de sistemas de segurança como TSC e ESP já é muito comum. A função deles é atuar de maneira automática em casos de instabilidade, descontrole do veículo, etc. Se os amortecedores não estiverem em ótimas condições, o veículo não atua corretamente, e os sistemas interpretam de forma errada os sinais que o carro emite.

Desgaste dos pneus e aumento da distância de frenagem

Os pneus também são elementos prejudicados no caso de mau funcionamento, chegando a um desgaste que reduz sua vida útil em um 20%. Se você juntar pneus desgastados com amortecedores em mau estado, no momento de frear um veículo que circula a 100 Km/h, a distância de frenagem pode aumentar em até 3 metros. É ainda mais perigoso se o veículo tiver um sistema de freio ABS, aumentando em até 5 metros o percurso durante a freada. Isso acontece porque nesses casos, o pneu ricocheteia e pula, perdendo o contato com o asfalto.

Trocar amortecedores a cada 60 mil quilômetros

Os especialistas aconselham substituir os amortecedores e as molas de um automóvel a cada 60 milquilômetros rodados. Os testes demonstraram que os amortecedores e as molas do equipamento original deterioram-se de maneira notável aos 60.000 quilômetros. Em muitos veículos normais a substituição das peças desgastadas pode melhorar as características da direção e do conforto.

Leia também