Blog do Gleison Wojciekowski

Ademir Savegnago e seus irmãos

O “Cometa” Ademir José Savegnago

Por Gleison Wojciekowski
Foto Divulgação

O “Cometa” Ademir José Savegnago

Gleison Juliano Wojciekowski

Professor e maestro

O musicista Ademir José Savegnago, nascido em Severiano de Almeida no dia 22 de janeiro de 1961, é filho do agricultor Frederico Alfonso Savegnago e da professora Teresa Rossatto, além de neto de João e Cristina Savegnago. Seu interesse pela música foi incentivado pelos seus irmãos e seu pai, que tocava gaita de boca.

Ademir teve mais 15 irmãos, Gomercindo Savegnago (acordeonista), Lurdes Savegnago (professora), Irma Savegnago (professora), Maria Savegnago (professora), Irene Savegnago (do lar), João Savegnago (violonista), Arlindo Savegnago (agricultor, mas toca vilão), Francisco Savegnago (comerciante, mas toca violão), Valdemar Savegnago (in memoriam, violonista), Alcides Savegnago (in memoriam, contrabaixista), Fátima Savegnago (vocalista), Mercedes Savegnago (vocalista), Salete Savegnago (vocalista), Antônio Savegnago (comerciante, mas toca violão), Euclides Savegnago (toca teclado, trombone, trompete e canta), e a música na família era tão presente, que mesmo quem não exercia a atividade profissionalmente, tinha nela um hobby.

As primeiras lições musicais foram dadas por seus irmãos mais velhos, mas o desejo por aprender cada vez mais, somado as dificuldades ao acesso a formação musical, fez com que Ademir buscasse o aprendizado através das aulas por correspondência, e posteriormente teve aulas com o professor Remi Toldo, da Banda Municipal (Sociedade Banda de Música de Erechim), que ministrava aulas no prédio da Escola Municipal de Belas Artes Osvaldo Engel.

Ademir José Savegnago iniciou tocando trompete, posteriormente passou para o acordeom e teclado, mas a maior parte de sua carreira tocou saxofone tenor e contralto. Em alguns momentos de sua história chegou a tocar contrabaixo e violão. As primeiras apresentações foram em festas de aniversário e casamento, com 16 anos de idade começou a tocar em bandas de baile, atividade que exerce até os dias atuais.

Ao longo destes mais de quarenta anos de atividades Ademir Savegnago fez parte de diversos conjunto musicais ao longo de sua carreira, como Os Menssagistas, Los Tiarajus, Los Calientes, Love Star (grupo formado pelos irmãos Savegnago), Tema de Lara, Musical São Francisco (grupo que mudaria de nome para Banda Europa Show), Casa das Máquinas e em 1992 entrou para o grupo Os Cometas, permanecendo até o momento atual.

Em sua carreira Ademir Savegnago teve a oportunidade de tocar com importantes colegas do meio musical como Enori Chiaparini, Ireno Wojciekowski, Ignácio Petkovicz, Sérgio Intkar, Luciano Menegati, João Dutra, Jorge Garcia, Maicon Vargas, Jorge Lanfredi além de vários outros.

Com o grupo Os Cometas, Ademir Savegnago tem sete discos gravados, iniciando no vol. 10 –35 Anos, seguindo pelo vol. 11 – L inda Demais, vol. 12 – Os Cometas 40 anos - Pinto Safado, vol. 13, vol. 14 – Festa do Alemão, vol. 15 – Amiga Sua, vol. 16 – Era Uma Vez , e vol. 17; entre os quais constam diversas composições de sua autoria como por exemplo Só Alegria (CD Pinto Safado) e Acertando as Contas (CD Linda Demais).

Ademir Savegnago é casado com Cirlei Savegnago, com quem teve dois filhos, a empresária Graciele Savegnago e o professor Diego Augusto Savegnago, este último  segue a tradição musical da família, ministrando aulas de música e dirigindo grupos musicais (bandas e coros) por diversos municípios da região Alto Uruguai. Diego é formado em Licenciatura em Música pela Universidade de Passo Fundo.

Atualmente Ademir Savegnago continua com o grupo Os Cometas, onde não esta mais tocando seu saxofone, mas atua como motorista e técnico de som da banda.

Blog dos Colunistas

Publicidade

Horóscopo

Gêmeos
21/05 até 20/06
Você vai se sentir mais confiante para ir...

Ver todos os signos

Publicidade