Blog do

7.jpg

Vice-prefeito avalia governo e anuncia mudanças no trânsito de Erechim

Por
Foto Antonio Grzybowski

Carona de luxo
Dirigindo o próprio carro após representar o prefeito Luiz Francisco Schmidt (PSDB) no evento da Unesul na manhã de ontem (24), o vice-prefeito Marcos Lando (PDT), disse que está satisfeito pela experiência no poder Executivo. A conversa ocorreu durante carona ao colunista no trajeto entre a padaria Bom Gosto e a sede do Jornal Bom Dia, dentro da saveiro branca, ano 2013, utilizada por Lando para trabalhar da prefeitura e cuidar dos negócios particulares. 


Em poucos minutos Lando ponderou que a satisfação por ajudar governar Erechim não está relacionada com os resultados práticos da administração, mas sim, como o trabalho de gestão interna que é realizado no poder Executivo. Reconhece a impopularidade do governo, que desde o início tem problemas internos e externos de comunicação, mas acredita em um cenário mais positivo, ainda em 2018. O primeiro passo será a implantação do novo sistema de estacionamento rotativo pago, previsto para entrar em funcionamento no mês de março. O vice-prefeito antecipa que outras mudanças no trânsito serão implantadas, visando oferecer maior mobilidade na "capital do Alto Uruguai". Pelo menos três rótulas serão eliminadas, uma no cruzamento da Praça Daltro Filho e outra no Bairro Três Vendas. A terceira deverá ser em área mais central da cidade.
Investimentos no asfalto de dez ruas importantes da cidade, também prometem melhorar a aceitação do atual governo, acredita o vice-prefeito.


De olho na prefeitura
Na passagem pela Praça da Bandeira (foto), indaguei a Marcos Lando sobre suas pretensões políticas futuras. "Serei candidato a prefeito na próxima eleição", declarou Lando. Quem conhece a capacidade de articulação política do vice-prefeito, sabe que ele não está blefando e o cenário da foto é sugestivo. Restam apenas 34 meses para as eleições de 2020.


Ônibus para reduzir custos com diárias de motoristas
Marcos Lando e o presidente do poder Legislativo, Rafael Ayub (PMDB), aproveitaram a presença dos diretores da Unesul para trocar ideia sobre o uso das linhas regulares de ônibus para o transporte de alguns pacientes da saúde pública, e até mesmo para viagens oficiais à capital do Estad. A empresa tem tarifa especial para casos específicos e anunciou investimentos em ônibus leito para dois horários. Os veículos com capacidade para 56 passageiros prometem revolucionar as viagens entre Erechim e Porto Alegre.

 

Leia também

Blog dos Colunistas

Publicidade

Horóscopo

Câncer
21/06 até 21/07
Pode se desentender com alguém de fora. Não...

Ver todos os signos

Publicidade