Blog do Lindanir F. Canelo

images (1).jpg

Os desafios e as conquistas da mulher atual

Por Lindanir F. Canelo

Depois de séculos lutando por igualdade, parece que finalmente a mulher está encontrando cada vez mais seu lugar no mundo. De coadjuvantes estamos ganhando cada vez mais o papel de protagonistas sem ter que deixar a feminilidade de lado. Mais do que poder ser tudo, hoje, a mulher pode escolher se quer ser apenas mãe, apenas profissional ou simplesmente mulher.

É fato que conciliar todos os papéis conquistados ainda é motivo de pressão, mas cada vez mais a mulher tem conseguido encontrar um equilíbrio. E é justamente esse equilíbrio e a liberdade de fazer escolhas que proporcionam à mulher o sucesso em qualquer área que ela escolha atuar. Economicamente garantida, a mulher pode se sentir à vontade para ousar atitudes consideradas socialmente reprováveis: viajar sozinha, ter um emprego que a realize profissionalmente ou mesmo levar uma vida sexual independente. Temos muito ainda pela frente, mas como somos fortes e batalhadoras, certamente venceremos todos os desafios.

No Brasil, nós temos várias leis que protegem a mulher. Inclusive a lei Maria da Penha, que é divulgada em todo o país. Acredito que o Brasil cresceu bastante, ou melhorou bastante a condição de saúde da mulher com relação ao pré-natal e nas várias etapas da sua vida. Com relação à instrução, de uns anos pra cá, a mulher tem procurado melhorar a condição de escolaridade. Com isso, vai conseguindo melhor qualificação para o mercado de trabalho e tem conseguido cargos de maior destaque na sociedade.

A mulher tem um papel muito importante na transformação da sociedade. Primeiro, porque ela tem um coração, uma sensibilidade diferente do homem, ela se comove mais com todas as situações que se apresentam. Quem é que consegue mexer com o coração dos homens? São as mulheres. Então, por isso elas têm um papel importantíssimo na transformação da sociedade e eu acredito que se cada mulher tomasse conhecimento do papel que tem, do poder que ela tem na sociedade, a nossa sociedade seria diferente. Quando ela gera um filho, como ela cuida desse filho, o que ela conversa com essa criança, a educação dessa criança até a fase adulta… Tudo isso tem um poder enorme de transformação da sociedade, de transformação dos seres humanos que vão compor essa sociedade. E como mulher na política e no mercado de trabalho, ela também pode fazer a diferença.

Enfim, como diria Luís Alves, dia 8 de março é apenas um dia das mulheres, isso não basta, todos os dias são dias de comemorar e homenagear as mulheres de nossa vida.

Blog dos Colunistas

Publicidade

Horóscopo

Áries
21/03 até 20/04
Há questões de muita relevância que...

Ver todos os signos

Publicidade