Blog do Gleison Wojciekowski

Antenor Cembranel e Os Águias Negras

Antenor Cembranel e Os Águias Negras

Por Gleison Wojciekowski
Foto Divulgação

Antenor Cembranel nasceu em Erechim, Povoado Chapadão, no dia 23 de fevereiro de 1942, o primogênito do casal TercílioCembranel (professor) e DorinaCembranel (professora). O casal teve ainda Osvaldino (baixo e vocal), Zilmar (baixo e vocal), Maria (acordeom e vocal), Edi (acordeom e vocal) e Clecir (guitarra, violão e vocal).

Osvaldino Cembranel tocou contrabaixo no conjunto Os Maratonas na década de 1970, seu irmão ZilmarCembranel o substituiu neste grupo nesta mesma década. Atualmente Zilmar faz parte do grupo ligado a Igreja Luterana Louvor em Canto.

Antenor Cembranel tocou durante sua carreira, diversos instrumentos, de acordo com a necessidade de cada momento. Podemos citar o acordoem, os teclados, o baixo e a bateria.

Os primeiros passos de Antenor na música aconteceram em sua adolescência, quando um vizinho no Povoado Chapadão, Samuel Orlando lhe ensinou os rudimentos do acordeom.

Em 1962 Antenor Cembranel cria o embrião do conjunto Os Águias Negras, fazendo duo de acordeom com Neinho (AlgenirFlôres), Finco no banjo e Miguel Ioppi na bateria.

O conjunto musical Os Águias Negras tinham forte influência da banda britânica The Beatles e da Jovem Guarda. Com a formação seguinte essa influência se tonou mais evidente. Contava com CielitoSantin na bateria, Leonildo Liotto na guitarra base, órgão e acordeom, Telmo Trindade na guitarra solo além de Antenor no baixo.

Apesar desta influência o conjunto Os Águias Negras tinham um repertório bem mais eclético, tocando música gaúcha, bandinha alemã, sertanejo, boleros, sambas, temas de novelas, etc. Talvez esse fosse um dos elementos de sua grande popularidade na época.

Ao longo da existência do conjunto Os Águias Negras diversos músicos passaram por suas fileiras, como Sérgio Moron na bateria, Carlos Melotto na bateria, IdalécioTubin na guitarra, Bugre no teclado, Santa Maria na bateria, Luís de Quadros no teclados, Sapata no saxofone, Benites no trompete, Pedro Neves no saxofone, Noel no vocal, etc.

Apesar de Antenor não se dedicar ao ofício de professor, ensinava com gratuidade os princípios da música, os primeiros passos a quem o procurava para isso, como para IrenoWojciekowski (Os Menssageiros do Amor, Os Atuais, Os Maratonas, Los Calientes e LC Produções e Gravações), que teve suas primeiras lições de acordeom com Cembranel.

Os Águias Negras acompanharam diversos cantores que vinham se apresentar nas boates de Erechim como Edith Veiga, Tânia Maria, Gretchen, etc.

O empresário do grupo EnoéAshmann, vendia o conjunto fora da região com o nome de Musical Pau Brasil.

A última formação de Os Àguias Negras que encerrou suas atividades na primeira metade da década de 1980, foi Luís de Quadros no teclado, Carlos Melotto na bateria, Jair Rodrigues na guitarra, Sapata no saxofone, Benites no trompete além de Antenor Cembranel no baixo, porém o grupo não deixou nenhum registro fonográfico.

Antenor Cembranel é casado desde 29 de setembro de 1969 com Ilda Bertega, com quem teve três filhos, Dulcimar, Lucimar e Lindomar.

Paralelamente a sua carreira musical, Antenor sempre trabalhou em outros ofícios, inicialmente na agricultura, e em seguida como torneiro mecânico, passando pela Mecânica de Demétrio Palkewicz, depois na Retífica Moccelin, posteriormente criou sua própria empresa chamada Torno Mecânica Cembranel, e hoje mesmo aposentado continua trabalhando como torneiro mecânico.

Uma curiosidade sobre Antenor Cembranelé seu hobby, o jogo de bocha, com o qual foi campeão diversas vezes em campeonatos diferentes.

 

Blog dos Colunistas

Publicidade

Horóscopo

Libra
23/09 até 22/10
Apesar do dia de folga, se não souber manter o foco...

Ver todos os signos

Publicidade