22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,44 Dólar R$ 3,96
22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,00 Dólar R$ 3,00

Blog do Dennis Allan

Um Baixinho Rico

Por Dennis Allan

Dos quatro relatos do evangelho na Bíblia, somente Lucas registra a história de Zaqueu.

"Entrando em Jericó, Jesus atravessava a cidade. Eis que um homem rico, chamado Zaqueu, chefe dos publicanos, procurava ver quem era Jesus, mas não podia, por causa da multidão, por ser ele de pequena estatura. Então, correndo adiante, subiu num sicômoro a fim de ver Jesus, porque ele havia de passar por ali. Quando Jesus chegou àquele lugar, olhando para cima, disse:

- Zaqueu, desça depressa, porque hoje preciso ficar na sua casa.

Zaqueu desceu depressa e o recebeu com alegria. Todos os que viram isto murmuravam, dizendo que Jesus tinha se hospedado com um homem pecador. Zaqueu, por sua vez, se levantou e disse ao Senhor:

- Senhor, vou dar a metade dos meus bens aos pobres. E, se roubei alguma coisa de alguém, vou restituir quatro vezes mais.

Então Jesus lhe disse:

- Hoje houve salvação nesta casa, pois também este é filho de Abraão. Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar o perdido" (Lucas 19:1-10).

Apesar de ser baixinho, Zaqueu sabia como subir no meio dos homens. Profissionalmente, ele alcançou a posição de chefe dos cobradores de impostos na sua região. Fisicamente, ele conseguiu subir em uma árvore para ficar mais alto do que as pessoas de estatura normal que atrapalhavam sua visão.

Diante de Jesus, Zaqueu sabia como descer. Literalmente, desceu da árvore para acompanhar Jesus. De maior importância, porém, foi a sua atitude de se humilhar espiritualmente. Profundamente comovido pela presença do Senhor na sua casa, o oficial da receita romana fez duas promessas que demonstraram seu arrependimento: (1) Entregar aos pobres a metade do seu patrimônio, e (2) Pagar restituição de quatro vezes em qualquer caso de fraude que ele havia cometido (a corrupção era comum entre esses cobradores de imposto).

A reação de Jesus foi chocante. Os religiosos já achavam escandalosa a presença de Jesus na casa de um pecador como Zaqueu (comparável, talvez, a um político corrupto nos dias de hoje). Quando Jesus cedeu a salvação a esse homem, eles devem ter se escandalizado mais ainda. O encontro com Zaqueu deu uma oportunidade perfeita para Jesus reforçar o motivo da sua vinda. Ele não veio para reforçar a arrogância dos religiosos, e sim, para salvar perdidos, pessoas, como Zaqueu, que se arrependem dos seus pecados e buscam a salvação que Jesus oferece.

www.estudosdabiblia.net

Blog dos Colunistas

Publicidade

Horóscopo

Capricórnio
22/12 até 20/01
Termine de arrumar tudo que vem sendo organizado e se...

Ver todos os signos

Publicidade