22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,58 Dólar R$ 4,10
22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,58 Dólar R$ 4,10

Blog do Salus Loch

Ecosul

Ecosul, criativa e sustentável

Por Salus Loch
Foto Divulgação

Apesar da crise do segmento industrial, empresas do interior do RS se destacam através do crescimento e posicionamento da marca. Exemplo é a Ecosul, fundada em 2014. Localizada em Paulo Bento, atua no segmento de embalagens plásticas, destinando produtos para atacado, indústria e varejo a mais de 280 clientes distribuídos em mercados do Norte do RS, Serra e POA.

# A produção, totalmente informatizada, está voltada a utilização de materiais reciclados, oriundo de pós-consumo (lixo), coletado e beneficiado no Alto Uruguai. Os principais produtos são: sacos para lixo, capas fardos, bobinas termo-encolhíveis e tubulares.

# A empresa de responsabilidade dos irmãos Olivar e Andre Mingori, emprega 18 colaboradores diretos e tem potencial instalado de produção de 120 toneladas/mês. Para 2019, projeção de crescimento é de 18% graças à expansão das atividades para SC, além de novos produtos no varejo e aumento das vendas às indústrias.

 

Ainda, Schmidt?

Embora o prefeito Luiz Francisco Schmidt (PSDB) insista em afirmar que não será candidato a reeleição, o alcaide ainda é o ‘melhor nome’ do palácio para o pleito de 2020. Na fila, apareceria também o vice Marcos Lando (PDT), o chefe de gabinete, Roberto Fabiani (SD), e, correndo por ‘fora’, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Altemir Barp (PSDB).

 

Rainha ao vivo

A jornalista Talita Lorenzetti, rainha da Frinape 2018, realizou esta semana sua 1ª entrada ao vivo na Rádio Gaúcha no programa ‘Esportes ao Meio-Dia’. Vai longe.

 

'Nunca imaginei que isso pudesse acontecer aqui'

O gaúcho Tales Kuhn, 27, natural de Ijuí e que mora em Queenston, na Nova Zelândia, desde outubro do ano passado, conta a reação dos neozelandeses no atentado que matou 50 pessoas deixando outras 50 feridas na última sexta-feira (15) – quando um atirador de posicionamento extremista invadiu duas mesquistas em Christchurch.

Em entrevista à coluna, Tales revelou suas impressões e sentimentos a respeito da tragédia. Segundo ele, o país parou – perplexo e chocado diante da brutalidade. ‘Ninguém aqui está acostumado a vivenciar esse tipo de violência’, resume – confessando ter se sentido inseguro, mesmo estando a 484 km da carnificina. ‘No Brasil, infelizmente estamos acostumados à violência; aqui, jamais poderia imaginar que algo assim acontecesse’, completa ele que, apesar do susto, seguirá estudando na Oceania até, pelo menos, outubro de 2020.

# O fato se deu paralelo à matança da escola em Suzano/SP, quando dois jovens tiraram a vida de oito pessoas e depois se suicidaram. No entanto, enquanto no Brasil lideranças falaram em ‘armar professores’ para garantir ‘mais segurança’; na Nova Zelândia, governo e população caminham para endurecer o porte e uso de arma. A breve comparação justifica que Tales opte por ficar mais tempo na terra dos hobbits.

 

Reforço no interior e POE completo

Comandante do CRPO Norte, Coronel Ricardo Alex Hofmann, destaca que, no momento, o foco de seu trabalho está voltado à formação de novos soldados capazes de atender a demanda regional – potencializando projetos e ações. Entre as metas, está o acréscimo do policiamento nos municípios com efetivo reduzido e o reforço do Pelotão de Operações Especiais (POE) de Erechim, que passaria a ter 25 homens.

 

Curtíssimas

# Sobre o decreto federal cortando 13,7 mil funções nas universidades públicas do país, diretor da UFFS/Erechim, Anderson Alves Ribeiro, informa que ‘não há dimensão total do reflexo’ em âmbito local, pois o decreto não deixa claro situações pontuais. Conforme Anderson, contudo, a medida não deve afetar funções já ocupadas e destinadas à universidade no MEC.

# O diretor da UFFS – que deve com concorrer à reitoria – porém, tem, sim, uma clareza: a de que a educação, em especial a superior, é vista por setores do governo como ‘inimiga número 1’.

# Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência está organizando Seminário, a ser realizado no último trimestre de 2019, para discutir a inclusão de pessoas com deficiência nas empresas de Erechim.  Necessária medida.

# Conversei com alguns produtores rurais semana passada na Expodireto, em Não Me Toque. No bate papo, permeado por algumas preocupações, emergiu um sentimento unânime: a China precisa ser tratada (pelo governo Bolsonaro) sob o viés econômico e não ideológico. Hoje, o Brasil tem superávit de R$ 32 bi com o gigante asiático. Soja, celulose, carne bovina, frango, açúcar e algodão estão entre os itens mais exportados para lá.

# Deputado federal Ronaldo Santini (PTB), suplente que assumiu a cadeira de Covatti Filho (PP) –secretário de Agricultura do governo Leite – promete que levará a defesa das santas casas e hospitais filantrópicos a Brasília. Outro gaúcho que deve liderar a discussão da saúde é o médico Pedro Westphalen (PP).

# Facebook proibiu a venda de animais na plataforma. A sociedade agradece.

# Enquanto a ‘quebrada’ Cotrel foi engolida pela Aurora e Alfa, não muito longe daqui, a Cotrisal, de Sarandi, fechou 2018 com faturamento de R$ 1,8 bilhão (crescimento de 47,1% em relação a 2017). Sobra (o chamado ‘lucro’) foi de R$ 37,5 milhões. Cooperativa, que tem 10 mil associados e 1,36 mil funcionários, atende 27 municípios, de Seberi a Nonoai.

# Com a prisão do ex-presidente Temer, Bernardo Shaw Shaw, o Bufão, está de olho em duas coisas: na Marcela e na possibilidade de delação do ex-chefe do executivo tupiniquim.

 

C@nto Digital

Quase 90% dos profissionais brasileiros enxergam o impacto da tecnologia no trabalho como oportunidade. Dado levantado pela Randstad, líder global de RH, analisou o sentimento em 33 países. De acordo com o relatório, em relação ao Brasil, 67% dos entrevistados entendem que automação, robótica e inteligência artificial terão efeito positivo em seus trabalhos nos próximos 5 ou 10 anos. Porém, quando o assunto é adaptação, 54% dizem que a digitalização requer capacitações diferentes daquelas que possuem hoje. Com o objetivo de seguirem atrativos, 89% apontam a intenção de adquirir novas habilidades tecnológicas e 51% afirmam que se sentem pressionados.


Conte sua história

Uma viagem à Patagônia há cerca de sete anos ‘abriu a mente’ do jornalista Adriano Piekas, profissional rodado com passagens pela comunicação pública e privada. Do frio de Ushuaia, motivado pela necessidade de aperfeiçoar o domínio da língua inglesa, o chapecoense partiu para intercâmbio de seis meses em Dublin, na Irlanda. Gostou tanto da experiência que ficou por lá dois anos. Em seguida, rumou a Barcelona, na Espanha – onde fez pós em Marketing Digital e mestrado em Marketing. O conhecimento adquirido possibilitou que migrasse do ‘analógico para o digital’, prestando serviço a empresas europeias e brasileiras interessadas na criação de conteúdo online.

No meio deste caminho, Adriano se questionou: ora bolas, faço isso para os outros; por que não posso fazer para mim?

E fez!, aliando o gosto por viagens com a facilidade em escrever, fotografar e contar histórias.

Assim nasceu o blog ‘Vida na Mala’ (www.vidanamala.com.br) – rico em informações para marinheiros de primeira, segunda ou, até mesmo, mais de uma centena de viagens nas costas.

- Viajar revela novas perspectivas de mundo e de nós mesmos. Por isso, a ideia do blog é compartilhar experiências que valem a pena, e não carimbos em passaporte, pontua o jornalista direto do Deserto de Sal, na Bolívia. Detalhe: Adriano gosta de Beatles e tem medo de ventiladores de teto.

Blog dos Colunistas

Publicidade

Horóscopo

Gêmeos
21/05 até 20/06
Só aceite novas ideias se essas forem postas em...

Ver todos os signos