0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Blog do Coluna do Leitor

O PAI QUE É MÃE

Por Coluna do Leitor

O Dia das Mães sempre é acompanhado de homenagens múltiplas.  Presentes, reencontros de quem mora longe, almoços de família, publicações e declarações de amor em redes sociais. As mães merecem... Porém, o evento mais marcante dessa data conta a história de Daniel e Luna. No Dia das Mães a história em destaque é de um pai e sua filha.

Daniel colocou peruca, vestido, passou batom, pintou a barba de rosa. Vestiu-se de mulher para participar da comemoração do Dia das Mães na  escola de Luna, sua filha de cinco anos. Luna pediu para que o pai fosse sua mãe por um dia. A mãe da menina faleceu e para a pequena tal data é difícil. Dói ver que todas as crianças têm a mãe ali presente e a dela foi morar com o papai do céu.

O pai até tentou convencer a filha a convidar a avó ou uma tia para participar das festividades. Luna negou veementemente. Ela queria o pai. Ela queria o pai-mãe dela. 

Luna, no alto de sua sabedoria, nos ensina: maternar não se liga a sexo. Não se liga a um biológico já posto. Maternar é uma função. É poder se doar, acalentar medos, encorajar frente a desafio. É proteção, segurança. É amor. Maternar é traduzir aquilo que se passa dentro dos nossos filhos, sejam elas pequeninos ou grandões. Luna convida o pai a exteriorizar a função que ele, provavelmente, tanto domina.

Parabéns, Daniel. Feliz dia das mães.

Publicidade

Blog dos Colunistas

Publicidade

Horóscopo

Leão
22/07 até 22/08
Está tudo bem, está tudo certo, mas pela sua...

Ver todos os signos

Publicidade