13°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,20 Dólar R$ 3,72
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,20 Dólar R$ 3,72

Blog do Gilberto Jasper

Aos mestres com carinho!

Por Gilberto Jasper

Tenho parentes que são professores. Na verdade, todos são mulheres - primas e tias. Nutro profunda admiração por elas que além de formarem as suas famílias ainda cuidam de inúmeros "filhos" de várias idades.

A vocação para o magistério me fascina desde os tempos de piá. Admirava a paciência, o jeito, a capacidade de administrar aquele bando de gurias e gurias barulhentos. Mais tarde, no finado Segundo Grau - hoje Ensino Médio- meu respeito aumentou. Afinal, controlar adolescentes - já na década de 80 - era uma missão quase impossível.

Não consigo me imaginar como professor. Como conter um grupo que divide as atenções com tablets, celulares e laptops dentro da sala de aula? Sei que a tecnologia é ferramenta indispensável no cotidiano. Por isso, manter a atenção deste público é desafiador.

A tarefa de educar - ao vivo e a cores! - é ainda mais desgastante quando pais e responsáveis se abstêm da função de legar o mínimo de valores fundamentais. Isso inclui noções básicas sobre respeito e hierarquia, preceitos que devem ser ministrados dentro de casa.

Infelizmente a realidade é muito diferente em relação ao preparo para enfrentar a vida adulta. Professores que advertem com veemência têm sérios problemas com certos pai que se isentam da responsabilidade básica da maternidade/paternidade. É triste constatar que pais e mães chegam ao cúmulo de ir à escola tirar satisfações dos docentes.

O resultado deste comportamento está em todos os lugares: revolta diante da mínima contrariedade, incapacidade de conviver com os reveses da vida, intolerância à crítica, imaturidade e dependência que os impede de deixar a casa dos pais.

Vandalismo, excesso de álcool, consumo de drogas, loucuras ao volante, depressão compõem um quadro corriqueiro. É muito difícil criar filhos quando a internet permite acesso irrestrito a todo tipo de conteúdo através do smartphone. Isso, somado à covardia de evitar conflitos com os filhos resulta numa mistura explosiva que aflora na escola e nas festas onde "tudo pode".

Professores são heróis. Cumprem uma rotina que obriga a administrar problemas alheios, resultado de omissão e medo. Mesmo diante de ameaças físicas, os mestres desafiam o perigo. Fazem um enorme esforço para transformar jovens mimados em cidadãos íntegros. Não é fácil. É uma empreitada para poucos.
Depois de todo desgaste ao longo do dia, tente imaginar este trabalhador da educação chegar em casa para enfrentar uma nova jornada. Desta vez, diante de sua própria família. Cá entre nós: é preciso muito idealismo, energia e perseverança para continuar a missão que, por isso, é um verdadeiro sacerdócio. É preciso ser muito vocacionado.
Parabéns, mestres!

Publicidade

Blog dos Colunistas

Publicidade

Horóscopo

Áries
21/03 até 20/04
Você já tomou todas as atitudes pertinentes a...

Ver todos os signos

Publicidade