Publicidade

Blog de Grupo Jupem

Cultura

Grupo Jupem

O Grupo Jupem é um dos mais antigos grupos folclóricos de Erechim. São erechinenses, descendentes de poloneses ou não, que encontram no grupo um ambiente pronto para desenvolver as habilidades e talentos.

  • Foco em 2019

    Por Grupo Jupem
    Foto Divulgação

    Após muitos compromissos, agora os jupenianos vivem tempo de preparação para 2019. Ainda temos vários eventos neste ano, mas os instrutores aproveitam que estamos encaminhando para o fim de 2018, para preparar os alunos para o ano que vem. 
    As coreografias propostas para as apresentações até o fim deste ano já estão muito bem ensaiadas pelos dançarinos, então agora é tempo de aprender passos novos de coreografias futuras, mas claro, mesclando com ensaios para apresentações que se aproximam. 
    Todas as turmas são preparatórias para o elenco seguinte, então as crianças e jovens devem aprender desde já passos mais aprimorados, introdução de coreografias novas, técnica clássica voltada ao folclore e comportamento, pois cada elenco tem uma forma de exigência aos dançarinos. 
    Esse aprendizado novo serve também como uma preparação para as férias, pois teremos um grande período sem ensaio, então devemos estar preparados desde já para o retorno aos ensaios no início do próximo ano. 
    Conheça a princesa polonesa da Frinape 2018
    EduardaSzynkaruk Forest é filha de Jaime André Forest e Rejane Szynkaruk Forest, todos jupenianos. Tem 18 anos, cursa Psicologia na URI - Campus de Erechim e representa o Grupo Jupem, juntamente com a Sociedade Instrutiva e Recreativa Rui Barbosa, Grupo de Canto Stare i WesoleWiarusy, Centro de Língua e Cultura Polonesa e Grupo da Melhor Idade Rui Barbosa.
    A princesa tem uma grande caminhada pelo Jupem. Ingressou na Turma B, em 2007, participou do elenco mirim e da kapela, tocando violino, foi instrutora do elenco juvenil (em 2017), hoje é dançarina do elenco adulto. Sua família tem grande envolvimento com o Jupem, pois seu avô é integrante do grupo há muitos anos e seus pais dançaram por bom tempo, também tem seu irmão, André, que é jupeniano. Certamente seus familiares e todos do grupo estão muito felizes por ter alguém que represente muito bem a cultura polonesa neste evento tão importante para a cidade de Erechim. Parabéns, Eduarda!

     

Blog dos Colunistas

Publicidade

Horóscopo

Peixes
20/02 até 20/03
Pode ter boas surpresas com assuntos envolvendo viagem ou...

Ver todos os signos

Publicidade