Euro R$ 3,84 Dólar R$ 3,26

Publicidade

Blog de Coluna do Leitor

  • As abelhas e o cafezinho

    Por Coluna do Leitor
    Foto Divulgação - o Globo

    A Bíblia nos conta (Gênesis, 1, 24) "Deus cria o homem a sua imagem e semelhança" e completa "[...] e presida aos peixes do mar, e as aves do céu, e os animais selváticos e toda a terra e todos os répteis que se movem sobre a terra e sujeitai-a [...] e eis que vos deis todas as árvores e animais para que sirvam de alimento." E foi aí o grande erro da Criação. Deu ao homem todo o poder de domínio, mas esqueceu de dizer-lhe (ou disse?) que os bens criados e doados eram finitos e que deveria cuidar deles, poupá-los, respeitá-los para que não lhe faltassem.

    Mas, o poder absoluto de reinar sobre as dádivas, fê-lo perder-se em paixões e arrogância, destruindo-as em nome da ganância.

    Há um estudo desalentador feito por biólogos da Universidade de Vermont (EUA) que aponta a diminuição drástica dos cafezais nos países produtores, principalmente na América Latina, incluindo o Brasil (Revista Veja, 20 set. 2017).

    Esta redução deve chegar a 60% até 2050. E tudo por falta e/ou diminuição, principalmente, das colônias do pequeno inseto responsável pela polinização de 40% das fazendas de alimentos - a abelha. A diminuição desta população e de outras também responsáveis por polinização, deve-se ao uso excessivo de pesticidas, ao desmatamento das florestas, habitat natural destes insetos, o que provoca o aquecimento global que, por sua vez, ocasiona o desequilíbrio climático que, por sua vez, desestrutura as estações do ano que, por sua vez, mata os frágeis insetos polinizadores que, por sua vez, diminui a produção de alimentos, que por sua vez ... e assim se quebra a cadeia alimentar da espécie humana, dita inteligente,  semelhante a Deus, que reina absoluta sobre a mãe natureza.

    Enquanto isso estamos comendo o mel com 75% de contaminação por pesticidas e dizem que isto não afeta nossa saúde, em compensação, põe em perigo a sobrevivência de nossas amiguinhas, as abelhas, e tudo recomeça...

    Sempre haverá esperanças enquanto a ONU promover Conferências sobre o Clima (desta vez na Alemanha) com a participação da países verdadeiramente responsáveis e preocupados com o meio ambiente e que se empenham na formação de técnicos, cientistas, biólogos. Estes encontros procuram convencer a humanidade que é PRECISO tomar providências sobre nosso futuro, neste lindo planeta azul chamado de Terra.

    Cuidem,os e respeitemos este pequeno inseto que trabalha, inteligentemente, para a preservação da vida dos néscios humanos garantindo nosso abençoado café de cada dia.

    Aceitando o criacionismo ou a evolução das espécies, em qualquer teoria, o pecado do homem existe.

    Relembrando uma profecia CREE, tribo indígena norteamericana, cabe bem neste comentário:

    "Só após a última árvore ser cortada.

    Só após o último rio ser envenenado.

    Só após o último peixe ser pescado.

    Só então o homem descobrirá que dinheiro não pode ser comido."

  • Aratiba

    Qual será o futuro de Aratiba daqui a 20 ou 30 anos, se nada mudar?

  • Morte em vida

    Muito mais falecido é aquele que passa indiferente ao sofrimento alheio, esquecido de que o amanhã pode trazer-lhe grande surpresa. A morte não existe, ela não acaba com nada.

  • O bezerro de ouro

    Desde que nossos ancestrais descobriram que era mais confortável andar em terra firme do que pular de galho em galho, criamos ídolos com os quais nos identificamos ou a quem veneramos como autores dos mistérios da criação, da existência dos astros ou a quem culpamos por desgraças ou fenômenos desconhecidos que nos amedrontam.

  • Meu amigo Alckmim

    Quase 90 dias atrás, os médicos dedicaram algumas horas para tratar o meu amigo Aldino Toniazzo, que padecia frágil, que parafrustração dele e de muito mais gente, que viria vitimá-lo agora em outubro 2017. Morto o amigo Alckim, apelido que ganhou quando foi tesoureiro do Atlântico, em homenagem ao super ministro da fazenda José Maria Alckim, do governo Juscelino, muitos se solidalizaram com a viúva Marilene Tagliari, que com muito carinho e companheirismo cuidou dele por 20 anos.

  • Geografia, população e região

    A temática populacional tem grande destaque na mídia, principalmente com a divulgação periódica de dados colhidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em pesquisas in loco conhecidas como censo populacional ou recenseamento. Nessas pesquisas, o instituto, órgão dirigido pelo governo federal, busca muito mais do que simplesmente contar a população. Ele especifica a espacialização de cada número, bem como diferencia categorias de análise, levando em consideração aspectos como educação, economia e cultura. Sente-se assim que o censo é uma ferramenta importante, que contribui nas tomadas de decisões e/ou estratégias de aplicação de políticas públicas.

  • Estimular e reconhecer

    O calendário nos avisa que 15 de outubro é o Dia do Professor. O contexto local nos mostra que não há muitos motivos para celebrar: salários parcelados, paralisações e não cumprimento da lei do piso salarial por diversos Estados e pela maioria dos municípios

Publicidade

Blog dos Colunistas

Publicidade

Horóscopo

Peixes
20/02 até 20/03
Inicia hoje uma nova etapa na vida profissional dos...

Ver todos os signos

Publicidade