0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Política

Na hora de cortar privilégios de políticos

Vereadores André Jucoski e Lucas Farina
Por Rodrigo Finardi
Foto Rodrigo Finardi

A moção contrária aprovada (13 a 3) na Câmara de Vereadores de Erechim na segunda-feira ao corte de R$ 7,3 bilhões para a educação no governo federal rendeu debates interessantes sobre o tema. Que educação queremos? Qual a qualidade do ensino entregue hoje no Brasil? Deixara de investir na educação é condenar uma geração futura?

A proposição foi do vereador Lucas Farina (PT) que é presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Educação Pública, Gratuita e de Qualidade. Para ele “a educação é fundamental para a transformação de nossa região e nação. Países que não a valorizam, em geral, apresentam economia frágil, os rendimentos são inferiores, refletindo em todos os segmentos, como habitação, saúde, qualidade e expectativa de vida”.

Já o vereador André Jucoski (PDT), que também é professor, criticou o corte do governo federal na Educação. Para André os deputados federais, senadores precisam perder regalias: “não se vê falar em cortar privilégios dos políticos em Brasília?

Publicidade

Blog dos Colunistas