22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,51 Dólar R$ 4,04
22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,51 Dólar R$ 4,04

Publicidade

Geral

Educação infantil: segurança às mães e desenvolvimento integral das crianças

Com essa proposta, surgiu a Escola de Educação Infantil de Imersão Bilíngue Tutti Bambini, de Erechim

O sistema de ensino enfatiza a necessidade de a criança crescer sendo criança
Por Amanda Mendes
Foto Divulgação

Um dos dilemas que permeiam a rotina das mães está relacionado à decisão do melhor momento para retornar ao mundo do trabalho e inserir os filhos na educação infantil. E, para além de ser uma instituição que preencha o tempo em que as mães não podem estar com os filhos, é preciso ter uma proposta pedagógica que estimule o desenvolvimento das crianças.

Assim, surgiu a Escola de Educação Infantil de Imersão Bilíngue Tutti Bambini, de Erechim. De acordo com a diretora administrativa, Luana Martinazzo, a ideia apareceu justamente nesta fase de escolha da escola de sua filha mais nova. “Procurei diversas instituições e nesse processo observei que as propostas sempre se limitavam ao cuidado com as crianças: alimentar, dar banho e arrumá-las. No entanto, essas escolas esqueciam o verdadeiro significado da educação infantil, bem como sua importância para o desenvolvimento de todas as potencialidades das crianças. Essa angústia era compartilhada com minha sócia, a Cátia Zambonato (diretora pedagógica)”, pontuou em entrevista ao Bom Dia.

Desta forma, Cátia e Luana planejaram todos os detalhes da Tutti Bambini para proporcionar um ambiente de intenso aprendizado aos estudantes. “Desde a arquitetura até a proposta pedagógica foi adequada para a formação das crianças. O primeiro passo foi projetar a escola, seguimos todas as orientações do Conselho Municipal de Educação e com ajuda de arquitetas transformamos o espaço no que hoje é a Tutti. Depois dessa etapa, partimos para a proposta pedagógica”, relatou Luana.

Sobretudo, a instituição visa o respeito, valorização da criança e de seus processos de ensino e aprendizagem. “Nós oferecemos um sistema de ensino com uma proposta pedagógica bilíngue, sustentada nos princípios teóricos socioconstrutivistas e na abordagem internacionalmente reconhecida de Reggio Emilia, da Itália. O trabalho diário acontece por meio daquilo que chamamos “spazios” (espaços) e atêlies que são considerados oportunidades para os “bambinos” se relacionar, experimentar, vivenciar, sentir, refletir, criar, aprender, compreender, interpretar e ser feliz”, comentou a diretoria administrativa.

O sistema de ensino enfatiza a necessidade de a criança crescer sendo criança. “Valorizando múltiplas linguagens, com uma proposta de imersão em Língua Inglesa e possui uma equipe multidisciplinar: direção administrativa e pedagógica com formação em escolas internacionais e mestrado em ciências humanas e sociais, coordenação pedagógica, psicóloga, nutricionista, fisioterapeuta, enfermeira, psicopedagoga e duas professoras em cada sala de aula, além do professor atelierista, sendo que nos berçários possui a técnica em enfermagem”, pontuou Luana.

Com isso, além de um ambiente educativo a escola traz segurança às mães e potencializa a relação com a família. “Nossos horários são de segunda à sexta-feira, com possibilidades de matrículas em tempo parcial e integral. A escola está sempre aberta para os responsáveis e além da proposta pedagógica, contamos com a presença de diversos profissionais, tais como, psicólogas, nutricionistas, fisioterapeutas, psicopedagogas e enfermeiras. Os pais diariamente entregam seus filhos nas mãos das professoras e auxiliares circulando pelo ambiente da escola, tendo oportunidade de conviver com outras famílias e interagir com a equipe diretiva e de professores, bem como usufruir nos horários de entrada, saída e almoço com seus filhos, dos espaços coletivos como parque interno”, pontuou Luana.

Outro diferencial é o acompanhamento em tempo real das atividades que são realizadas na escola, por meio da agenda virtual. “Essa ferramenta auxilia no atendimento com transparência”, concluiu a diretora administrativa.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas