0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Política

Vereadores participam de audiência pública sobre cortes na educação na Assembleia Legislativa

Audiência pública educação
Por Assessoria de Imprensa
Foto Divulgação

O recente anúncio de cortes orçamentários impostos pelo Ministério da Educação às universidades e institutos federais tem gerado diversas ações por parte do poder público no sentido de compreender de que maneira essa redução no investimento em educação irá impactar não apenas as instituições de ensino, mas toda a sociedade. Na última terça-feira, o presidente da Câmara Municipal, Alderi Oldra (PT), o vereador Lucas Farina (PT) – que preside a Frente Parlamentar em Defesa da Educação Pública, Gratuita e de Qualidade – e a vereadora Sandra Picoli (PCdoB), secretária da referida frente, participaram da audiência pública na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul (ALRS) que tratou do tema e contou com a presença de reitores, diretores, professores, servidores e alunos, além de representantes do Ministério Público Federal.

Organizada pela Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia da ALRS, a atividade expôs a difícil realidade pelo qual já passam universidades e institutos federais – e que devem se acentuar significativamente com os cortes, estimados em 30%. Na região do Alto Uruguai, a medida do governo federal prejudicaria o funcionamento da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), e das duas unidades do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) – Campus Erechim e Campus Sertão. “O tema tratado na audiência reflete diretamente em Erechim, que conta com diversas instituições de ensino públicas e privadas. Como representantes da população, precisamos estar envolvidos com essas questões que dizem respeito à comunidade”, avalia Oldra.

Atividade sem cunho político-partidário – De acordo com o presidente do Legislativo erechinense, a audiência na ALRS teve como única finalidade a defesa da educação pública, gratuita e de qualidade, abstendo-se de vieses ideológicos e partidários específicos, já que a comissão responsável pela atividade é composta por 12 deputados de dez diferentes siglas (PT, PP, PDT, PPS, MDB, PSD, PRB, PSL, PSOL e Podemos). “Consideramos importante a participação nesta audiência para entendermos melhor o que está acontecendo quanto a esta situação específica dos cortes na educação, e, a partir disso, propormos alternativas no sentido de fazer com que os investimentos possam ser garantidos na área educacional”, afirma Oldra, enfatizando a necessidade de o poder público estar presente na luta por um direito tão básico como a educação. “Participamos e continuaremos a participar de outros momentos se for para lutarmos e garantirmos os direitos da população de Erechim”, completa.

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas