20°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Saúde

Santa Terezinha realiza ação no Dia Mundial da Prematuridade

Para isso, oito bebês prematuros que estão internados na UTI Neonatal da Casa de Saúde e suas famílias, estiveram presentes no evento alusivo

teste
A UTI Neonatal do Santa Terezinha possui atualmente 10 leitos de internação
Por Assessoria de Comunicação
Foto Divulgação

A Fundação Hospitalar Santa Terezinha (FHSTE) realizou na tarde dessa quinta-feira (17) uma ação voltada ao Dia Mundial da Prematuridade e ao Novembro Roxo. Desde 2011, o dia 17 de novembro é reconhecido como o Dia Mundial da Prematuridade com o objetivo de dar visibilidade ao tema, sensibilizar sobre as necessidades e direitos dos bebês prematuros e das suas famílias, conscientizar sobre a importância da vivência e do cuidado de qualidade do sistema de saúde, e assim avançar em políticas que garantam os direitos plenos dos bebês e das famílias.

Para isso, os oito bebês prematuros que estão internados na UTI Neonatal da Casa de Saúde e suas famílias estiveram presentes no evento alusivo, realizado pela equipe multidisciplinar que é composta por profissionais de psicologia e assistência social, no intuito de acolher também os familiares e fortalecer o vínculo entre os especialistas em saúde, os bebês e suas famílias. A UTI Neonatal do Santa Terezinha possui atualmente 10 leitos de internação.

Entre as atividades, está disponível uma exposição fotográfica dos bebês prematuros, desde o dia de nascimento até a alta da UTI Neonatal. Além disso, os bebês estavam vestidos com capa de super-herói roxa, em alusão à data, que foi confeccionada pelo Setor de Costura do Hospital. Também, as famílias receberam um travesseiro também com o tema de super-heróis que foram confeccionados pelo Grupo de Voluntárias Aconchego, que trabalha semanalmente com as mamães que estão com os seus filhos internados na UTI Neonatal.

Conforme a técnica de Enfermagem da UTI Neonatal do Santa, Talita Paz, o hospital trabalha a questão da prematuridade de forma intensa para acolher as mães que tiveram seus filhos prematuros para que a internação dos filhos seja sentida com mais humanidade, acolhimento, carinho e atenção. “Todos aqui, junto com as famílias desses bebês somos um elo de cuidado e amor para que os papais e as mamães possam voltar para suas casas com o seu filho nos braços. Enquanto eles estão aqui o sentimento é de família. É como se eles fossem nossos filhos. E quando eles dão alta e podem ir pra casa com os seus pais, isso é celebrado como uma vitória. Uma vitória de todos, principalmente dessas crianças, os nossos super-heróis, que desde muito pequenos precisam mostrar sua força para seguirem com as suas vidas”, disse emocionada.

Para a mamãe, Maiara Romanoski, de Ponte Preta e seu filho Arthur, nascido com 27 semanas em 29 de agosto, com 810 gramas, o trabalho realizado pelos profissionais do Santa Terezinha tem sido primordial para trazer alento, coragem e força neste período pelo qual passam os bebês que nascem prematuramente e suas famílias, em especial, as mães. “Os profissionais do hospital sempre nos auxiliam com as nossas dúvidas e é muito gratificante saber que têm pessoas que realmente se importam com os nossos filhos e estão sempre atentas aos cuidados com os nossos bebês”, afirma.

Vale destacar que o Santa Terezinha desenvolve ações voltadas ao Novembro Roxo durante todo o mês, como roda de conversa, oficinas de cuidados com o recém-nascido, conversa com grupo multidisciplinar de apoio aos familiares, entre outras ações. O tema global do Dia Mundial da Prematuridade deste ano, é "Pequenas ações, GRANDE IMPACTO: contato pele a pele imediato para todos os bebês, em todos os lugares."

Leia também

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas