21°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Cultura

Academia Erechinense de Letras recepciona novos acadêmicos

Ato solene, aconteceu na noite da quarta-feira, 22, com o ingresso de Marielise Ferreira, Joemir Maria Camargo Rosset, Maria Vanda Krepinski Groch E Marco Aurélio Pedot

teste
Os imortais da Academia Erechinense de Letras
Maria Vanda Krepinski Groch, Joemir Maria Camargo Rosset e Marco Aurélio Pedot fizeram seu juramento
Por Rodrigo Finardi
Foto Divulgação

Na noite da quarta-feira, 22, A Academia Erechinense de Letras (AEL), realizou ato solene, para recepcionar os novos acadêmicos, no Salão Del Prete do CER Atlântico. A mesa de honra foi composta pela presidente da AEL, Helena Confortin; a secretária de Cultura e Esporte, Carla Talgatti (representando o prefeito Paulo Polis), e o secretário executivo da AEL, Neivo Zago.

Além da secretária de Cultura e a presidente da AEL, outras autoridades prestigiaram o evento: Sandra Picoli, representando a Câmara de Vereadores de Erechim; Ivânia Nogaro – Representante da 15ª Coordenadoria Regional de Educação; Verenice Lipsch - secretária de Educação; Margarete Oldoni, presidente do Conselho Municipal de Políticas Culturais; Leidi Barbieri, representando o SESC; Sirlei Carlezzo – presidente da Orquestra de Concertos de Erechim e Fábio Vendruscolo, representando a ACCIE e o Coder.

Os novos acadêmicos que tomaram posse são: Joemir Maria Camargo Rosset, Maria Vanda Krepinski Groch, Marco Aurélio Pedot e Marielise Ferreira, que por motivos de viagem de estudos, foi representada pela sua mãe, Nilda Bordin.

Após o ato de posse dos novos imortais que fizeram juramento, receberam uma medalha, diploma e o estatuto da Academia Erechinense de Letras, teve a apresentação da Orquestra de Concertos de Erechim, com Liliane Tramontini no piano e a soprano Ana Maria Rigo Loch.

Em nome dos acadêmicos empossados, Marco Aurélio Pedot, se pronunciou: “Escrever, produzir uma obra de arte em qualquer de suas dimensões, é a capacidade de retirar sentimentos do coração, da alma e externar através da obra de arte. É rir, chorar, se emocionar e permitir que outros compartilhem dos seus sentimentos e da sua emoção”.

O acadêmico Luiz Ademir da Rosa, falou em nome de todos os membros da Academia Erechinense de Letras: “cada um dos que hoje se une a AEL, buscarão o propósito de enriquece-la, respeita-la, e fazer dela um modelo a ser seguido por todos. Aos saltos não se escala uma montanha, mas a passos lentos sim. Hoje é o primeiro passo. Bem-vindos! ”.

A secretária municipal de Cultura e Esporte, Carla Talgatti, em seu discurso: “escrever não é uma tarefa fácil. Exige tempo, quebra de paradigmas, exige a busca e o encontro com nossas alegrias e tristezas. Escrevemos porque encontramos desafios, problemas, obstáculos e inquietações. Que bom que temos dentro de nós alguns grãos de areia e aos poucos vamos transformando em pérolas. Obrigada por fazerem parte de muitas outras colchas da vida em sociedade, como protagonistas e exemplo de pessoas íntegras e honradas”.

A presidente da Academia Erechinense de Letras, Helena Confortin, em sua fala final, agradeceu a presença de autoridades, familiares, acadêmicos e amigos: “Que vocês que hoje ingressam na AEL, sejam membros efetivos, presentes e atuantes. Que o ingresso contribua para o crescimento da literatura, da cultura e das artes em Erechim e região. A missão está só iniciando. Boa jornada. Façam a diferença. Sejam, realmente, imortais por seus escritos, suas obras e suas vidas”.    

Leia também

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas