20°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Esportes

Ypiranga perde para o Avenida e entra na zona de rebaixamento do Gauchão

teste
Canarinho saiu atrás no placar e não conseguiu buscar a reação
Por Alan Delfin Dias
Foto Enoc Jr/YFC

No confronto direto entre Ypiranga e Avenida contra o Z2, o Periquito levou a melhor e venceu o Canarinho por 2 a 0, pela sétima rodada do Campeonato Gaúcho, na noite deste sábado (10)

Com a vitória no estádio dos Eucaliptos, o time de Santa Cruz do Sul, subiu para a sétima posição, com sete pontos, mas ainda pode cair para 10ª até o fim da rodada. Já a equipe de Erechim, chegou ao sexto jogo sem vitória (três empates e três derrotas), segue com a defesa mais vazada da competição e assumiu a penúltima colocação, com seis pontos.

 

Primeiro tempo

O Ypiranga iniciou o jogo mostrando mais organização e aproximação, em relação às outras partidas disputadas, e chegou primeiro ao ataque, mas logo voltou a dar espaços e precisou cometer faltas para parar os avanços do Avenida, que também não fazia um grande jogo, mas levou mais perigo. Aos 19’ assustou em cobrança de falta e aos 24’ abriu o placar em gol de cabeça de Alan Cardoso, após escanteio.

 

Melhor chance

Aos 32’, os donos da casa ainda acertaram o travessão em mais uma cobrança de falta. A melhor chance do Canarinho surgiu em tentativa de cruzamento, onde a bola bateu no pé de Negueba e foi em direção ao gol. O goleiro Ruan precisou se esticar para espalmar. Na reta final o Canarinho voltou a mostrar melhor organização, rondou a área do adversário, tentou o empate através de cruzamentos, mas não balançou as redes.

 

Sete cartões

A primeira etapa encerrou com seis cartões amarelos e um vermelho aplicados pelo árbitro Rafael Klein. No Ypiranga receberam amarelo o preparador físico, o lateral Gedeilson e o zagueiro Heitor. No Avenida, o técnico Márcio Nunes, o zagueiro Rafael Goiano e o volante Bruno Camilo. O preparador físico recebeu vermelho aos 45’, e Márcio Nunes precisou deixar o campo com ele, conforme determina a regra.

 

Segundo tempo

O segundo tempo iniciou com lance polêmico. No primeiro minuto, o volante Chicão e o zagueiro Heitor disputaram bola na área do Ypiranga, o atleta do time da casa caiu e a torcida protestou pedindo pênalti, mas o árbitro mandou o jogo seguir. Aos 4’, Zé Vitor fez boa jogada pela esquerda, cruzou rasteiro na pequena área, mas Lucas Marques furou em bola.

 

Por cima do gol

O Ypiranga mostrou melhora em relação à primeira etapa e os donos da casa passaram a fazer rodízio de falta no camisa 10, Alisson Taddei. Aos 10’, o Canarinho perdeu outra boa chance. Lucas Marques cobrou falta na área, mas Heitor cabeceou por cima do gol. Na resposta do Avenida, aos 11’, Felipe Cruz percebeu Alexander adiantado e chutou do meio de campo, mas o goleiro se recuperou e conseguiu espalmar para escanteio.

 

Quem não faz leva

O Ypiranga teve duas boas chances para empatar nos 10 primeiros minutos, mas não conseguiu colocar a bola na rede, e na cobrança de escanteio após a tentativa do Avenida de marcar do meio campo, Dadalt acertou a trave e no rebote, Hélio Paraíba empurrou para o gol. O Avenida passou a administrar o resultado, o técnico Thiago Carvalho promoveu trocas buscando deixar o Canarinho mais ofensivo, mas a reação não veio.

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas